SEGUNDA EPÍSTOLA AOS TESSALONICENSES

6

SEGUNDA EPÍSTOLA AOS TESSALONICENSES

1 Endereço1Paulo, Silvano e Timóteo à Igreja de Tessalônica, em Deus, nosso Pai, e no Senhor Jesus Cristo. 2A vós graça e paz da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo!

Ação de graças e encorajamento. A última retribuição3Irmãos, por vossa causa sentimo-nos obrigados a dar continuamente graças a Deus, pois a vossa fé está crescendo muito, e a caridade que tendes uns pelos outros aumenta em cada um de vós, 4a tal ponto que sois o nosso orgulho entre as Igrejas de Deus, por causa da vossa perseverança e da vossa fé em todas as perseguições e tribulações que suportais. 5Elas são o sinal do justo julgamento de Deus: é para vos tornardes dignos do Reino de Deus, pelo qual sofreis. 6Justo é que Deus pague com tribulação aos que vos oprimem, 7e que a vós, os oprimidos, vos dê o repouso juntamente conosco, para quando se revelar o Senhor Jesus, vindo do céu, com os anjos do seu poder, 8no meio de uma chama ardente, para vingar-se daqueles que não conhecem a Deus, e que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus. 9O castigo deles será a ruína eterna, longe da face do Senhor e do esplendor de sua majestade, 10quando ele vier, naquele Dia, para ser glorificado na pessoa dos seus santos, e para ser admirado na pessoa de todos aqueles que creram — e vós acreditastes em nosso testemunho! 11Pelo que não cessamos de orar por vós, para que o nosso Deus vos faça dignos de sua vocação; e que por seu poder faça realizar todo o bem desejado, e torne ativa a vossa fé. 12Assim, será glorificado em vós o nome de nosso Senhor Jesus, e vós nele, pela graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.

1 A Vinda do Senhor e o que a precederá1Quanto à Vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e à nossa reunião com ele, rogamo-vos, ir­mãos, 2que não percais tão depressa a serenidade de espírito, e não vos perturbeis nem por palavra profética, nem por carta que se diga vir de nós, como se o Dia do Senhor já estivesse próximo. 3Não vos deixeis enganar de modo algum por pessoa alguma; porque deve vir primeiro a apostasia, e aparecer o homem ímpio, o filho da perdição, 4o adversário, que se levanta contra tudo que se chama Deus, ou recebe um culto, chegando a sentar- se pessoalmente no templo de Deus, e querendo passar por Deus. 5Não vos lembrais de que vos dizia isto quando estava convosco? 6Agora também sabeis o que é que ainda o retém, para aparecer só a seu tempo. 7Pois o mistério da impiedade já está agindo, só é necessário que seja afastado aquele que ainda o retém! 8Então, aparecerá o ímpio,aquele que o Senhor” destruirá com o sopro de sua boca, e o suprimirá pela manifestação de sua Vinda. 9Ora, a vinda do ímpio será assinalada pela atividade de Satanás, com toda a sorte de portentos, milagres e prodígios mentirosos, 10e por todas as seduções da injustiça, para aqueles que se perdem, porque não acolheram o amor de verdade, a fim de serem salvos. 11É por isso que Deus lhes manda o poder da sedução, para acreditarem na mentira 12e serem condenados, todos os que não creram na verdade, mas antes consentiram na injustiça.

Exortação à perseverança13Nós, porém, sempre agradecemos a Deus por vós, irmãos queridos do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para serdes salvos mediante a santificação do Espírito e a fé na verdade, 14e por meio do nosso evangelho vos chamou a tomar parte na glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 15Portanto, irmãos, ficai firmes; guardai as tradições que vos ensinamos oralmente ou por escrito. 16Nosso Senhor Jesus Cristo e Deus, nosso Pai, que nos amou e nos deu a eterna consolação e a boa esperança pela graça, 17animem os vossos corações e vos confirmem em tudo o que fazeis e dizeis em vista do bem.

3 Oração e trabalho1Quanto ao mais, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor continue o seu caminho, e seja glorificada, como aconteceu entre vós, 2e para que sejamos livres de homens ímpios e perversos; pois nem todos têm fé. 3Mas o Senhor é fiel, e há de fortalecer-vos e guardar-vos do Maligno. 4Temos confiança em vós, no Senhor, de que vos deixais guiar agora pelas nossas diretrizes e de que o fareis também no futuro. 5Que o Senhor conduza os vossos corações para o amor a Deus e a perseverança de Cristo.

Advertência contra a desordem6Nós vos ordenamos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos afasteis de todo irmão que leve vida desordenada e contrária à tradição que de nós receberam. 7Bem sabeis como deveis imitar-nos. Não vivemos de maneira desordenada em vosso meio, 8nem recebemos de graça o pão que comemos; antes, no esforço e na fadiga, de noite e de dia, trabalhamos para não sermos pesados a nenhum de vós. 9Não porque não tivéssemos direito a isso; mas foi para vos dar exemplo a ser imitado. 10Quando estávamos entre vós, já vos demos esta ordem: quem não quer trabalhar também não há de comer. 11Ora, ouvimos dizer que alguns dentre vós levam vida à-toa, muito atarefados sem nada fazer. 12A estas pessoas ordenamos e exortamos, no Senhor Jesus Cristo, que trabalhem na tranqüilidade, para ganhar o pão com o próprio esforço. 13Quanto a vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem. 14Se alguém desobedecer ao que dizemos nesta carta, notai-o, e não tenhais nenhuma comunicação com ele, para que fique envergonhado. 15Não o considereis, todavia, como um inimigo, mas procurai corrigi-lo como irmão.

Oração e despedida16O Senhor da paz vos conceda a paz, em todo tempo e lugar. O Senhor esteja com todos vós. 17A saudação é de meu próprio punho, Paulo. É este o sinal que distingue minhas cartas. Aí está a minha letra! 18A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vós!

PRIMEIRA EPÍSTOLA AOS TESSALONICENSES
PRIMEIRA EPÍSTOLA A TIMÓTEO