SEGUNDA EPÍSTOLA A TIMÓTEO

0
14
PRIMEIRA EPÍSTOLA A TIMÓTEO
EPISTOLA A TITO

SEGUNDA EPÍSTOLA A TIMÓTEO

1 Endereço e ação de graças1Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, por vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus, 2a Timóteo, meu filho amado: graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor. 3Dou graças a Deus, a quem sirvo em continuidade com meus antepassados, com consciência pura, quando sem cessar, noite e dia, me recordo de ti em minhas orações. 4Lembrado de tuas lágrimas, desejo ardentemente rever-te, para transbordar de alegria. 5Evoco a lembrança da fé sem hipocrisia que há em ti, a mesma que habitou primeiramente em tua avó Lóide e em tua mãe Eunice e que, estou convencido, reside também em ti.

As graças recebidas por Timóteo6Por este motivo, eu te exorto a reavivar o dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos. 7Pois Deus não nos deu um espírito de medo, mas um espírito de força, de amor e de sobriedade. 8Não te envergonhes, pois, de dar testemunho de nosso Senhor, nem de mim, seu prisioneiro; pelo contrário, participa do meu sofrimento pelo evangelho, confiando no poder de Deus, 9que nos salvou e nos chamou com uma vocação santa, não em virtude de nossas obras, mas em virtude do seu próprio desígnio e graça. Essa graça, que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos, 10foi manifestada agora pela Aparição de nosso Salvador, o Cristo Jesus. Ele não só destruiu a morte, mas também fez brilhar a vida e a imortalidade pelo evangelho, 11para o qual eu fui constituído pregador, apóstolo e doutor. 12Eis por que sofro estas coisas. Todavia não me envergonho, porque eu sei em quem coloquei a minha fé, e estou certo de que ele tem poder para guardar o meu depósito, até aquele Dia. 13Toma por modelo as sãs palavras que de mim ouviste, com fé e com o amor que está em Cristo Jesus. 14Guarda o bom depósito, por meio do Espírito Santo que habita em nós.15Tu sabes que todos os da Ásia me abandonaram, dentre eles Figelo e Hermógenes. 16Que o Senhor conceda misericórdia à família de Onesíforo, porque ele muitas vezes me confortou e não se envergonhou de minhas cadeias; 17ao contrário, quando chegou a Roma, me procurou solicitamente até me encontrar. 18Que o Senhor lhe conceda achar misericórdia junto ao Senhor naquele Dia. Tu sabes, melhor do que eu, de todos os ser viços que me prestou em Éfeso.

2 O sentido dos sofrimentos do apóstolo cristão1Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus. 2O que de mim ou viste na presença de muitas testemunhas, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para ensiná-lo a outros. 3Assume a tua parte de sofrimento como um bom soldado de Cristo Jesus. 4Ninguém, engajando-se no exército, se deixa envolver pelas questões da vida civil, se quer dar satisfação àquele que o arregimentou. 5Do mesmo modo um atleta não recebe a coroa se não lutou segundo as regras. 6O agricultor que trabalha deve ser o primeiro a participar dos frutos. 7Entende o que eu digo; e o Senhor te dará compreensão em todas as coisas. 8Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado dentre os mortos, da descendência de Davi, segundo o meu evangelho, 9pelo qual eu sofro, até às cadeias, como malfeitor. Mas a palavra de Deus não está algemada! 10É por isso que tudo suporto, por causa dos eleitos, a fim de que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com a glória eterna. 11Fiel é esta palavra:Se com ele morremos, com ele viveremos. 12Se com ele sofremos, com ele reinaremos. Se nós o renegamos, também ele nos renegará. 13Se lhe somos infiéis, ele permanece fiel, pois não pode renegar-se a si mesmo.

Luta contra o perigo atual aos falsos doutores14Recorda todas estas coisas, atestando diante de Deus que é preciso evitar as discussões de palavras: elas não servem para nada, a não ser para a perdição dos que as ouvem. 15Procura apresentar-te a Deus como um homem provado, um trabalhador que não tem de que se envergonhar, que dispensa com retidão a palavra da verdade. 16Evita o palavreado vão e ímpio, já que os que o praticam progredirão na impiedade; 17a palavra deles é como uma gangrena que corrói, entre os quais se acham Himeneu e Fileto. 18Eles se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição já se realizou; estão pervertendo a fé de vários. 19Não obstante, o sólido fundamento colocado por Deus permanece, marcado pelo selo desta palavra: O Senhor conhece os que lhe pertencem. E ainda: Aparte-se da injustiça todo aquele que pronuncia o nome do Senhor. 20Numa grande casa não há somente vasos de ouro e de prata; há também de madeira e de barro; alguns para uso nobre, outros para uso vulgar. 21Aquele, pois, que se purificar destes erros será um vaso nobre, santificado, útil ao seu possuidor, preparado para toda boa obra. 22Foge das paixões da mocidade. Segue a justiça, a fé, a caridade, a paz com aqueles que, de coração puro, invocam o nome do Senhor. 23Repele as questões insensatas e não educativas. Tu sabes que elas geram brigas. 24Ora, um servo do Senhor não deve brigar; deve ser manso para com todos, competente no ensino, paciente na tribulação. 25É com suavidade que deve educar os opositores, na expectativa de que Deus lhes dará não só a conversão para o conhecimento da verdade, 26mas também o retorno à sensatez, libertando-os do laço do diabo, que os tinha cativos de sua vontade.

3 Advertência contra os perigos dos últimos tempos1Sabe, porém, o seguinte: nos últimos dias sobrevirão momentos difíceis. 2Os homens serão egoístas, gananciosos, jactanciosos, soberbos, blasfemos, rebeldes com os pais, ingratos, iníquos, 3sem afeto, implacáveis, mentirosos, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, 4traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres do que de Deus; 5guardarão as aparências da piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Afasta-te também destes. 6Entre estes se encontram os que se introduzem nas casas e conseguem cativar mulherzinhas carregadas de pecados, possuídas de toda sorte de desejos, 7sempre aprendendo, mas sem jamais poder atingir o conhecimento da verdade. 8Do mesmo modo como Janes e Jambres se opuseram a Moisés, assim também estes se opõem à verdade; são homens de espírito corrupto, de fé inconsistente. 9Mas eles não irão muito adiante, pois a sua loucura será manifesta a todos, como o foi a daqueles. 10Tu, porém, me tens seguido de perto no ensino, na conduta, nos projetos, na fé, na longanimidade, na caridade, na perseverança, 11nas perseguições, nos sofrimentos que conheci em Antioquia, em Icônio, em Listra. Que perseguições eu sofri! E de todas me livrou o Senhor! 12Aliás, todos os que quiserem viver com piedade em Cristo Jesus serão perseguidos. 13Quanto aos homens maus e impostores, eles progredirão no mal, enganando e sendo enganados.14Tu, porém, permanece firme naquilo que aprendeste e aceitaste como certo; tu sabes de quem o aprendeste. 15Desde a tua infância conheces as sagradas Letras; elas têm o poder de comunicar-te a sabedoria que conduz à salvação pela fé em Cristo Jesus. 16Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para instruir, para refutar, para corrigir, para educar na justiça, 17a fim de que o homem de Deus seja perfeito, qualificado para toda boa obra.

4 Solene admoestação1Eu te conjuro, diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de vir julgar os vivos e os mortos, pela sua Aparição e por seu Reino: 2proclama a palavra, insiste, no tempo oportuno e no inoportuno, refuta, ameaça, exorta com toda paciência e doutrina. 3Pois virá um tempo em que alguns não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, segundo os seus próprios desejos, como que sentindo comichão nos ouvidos, se rodearão de mestres. 4Desviarão os seus ouvidos da verdade, orientando- os para as fábulas. 5Tu, porém, sê sóbrio em tudo, suporta o sofrimento, faze o trabalho de um evangelista, realiza plenamente o teu ministério.

Paulo no ocaso de sua vida6Quanto a mim, já fui oferecido em libação, e chegou o tempo de minha partida. 7Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. 8Desde já me está reservada a coroa da justiça, que me dará o Senhor, justo Juiz, naquele Dia; e não somente a mim, mas a todos os que tiverem esperado com amor a sua Aparição.

Últimas recomendações 9Procura vir me encontrar o mais depressa possível. 10Pois Demas me abandonou por amor do mundo presente. Ele partiu para Tessalônica, Crescente para a Galácia, Tito para a Dalmácia. 11Somente Lucas está comigo. Toma contigo a Marcos, e traze-o, pois me é útil no ministério. 12Eu enviei Tíquico a Éfeso. 13Traze-me, quando vieres, o manto que eu deixei em Trôade, na casa de Carpo, e também os livros, especialmente os pergaminhos. 14Alexandre, o fundidor, deu provas de muita maldade para comigo. O Senhor lhe retribuirá segundo as suas obras. 15Tu, guarda-te também dele, porque se opôs fortemente,às nossas palavras. 16Na primeira vez em que apresentei a minha defesa ninguém me assistiu, todos me abandonaram. Que isto não lhes seja imputado. 17Mas o Senhor me assistiu e me revestiu de forças, a fim de que por mim a mensagem fosse plenamente proclamada e ouvida por todas as nações. E eu fui libertado da boca do leão. 18O Senhor me libertará de toda obra maligna e me levará salvo para o seu Reino celeste. A ele a glória pelos séculos dos séculos! Amém!

Saudações e voto final 19Saúda a Prisca e Áquila, e a família de Onesíforo. 20Erasto ficou em Corinto. Deixei Trófimo doente em Mileto. 21Procura vir antes do inverno. Enviam-te saudações: Êubulo, Pudente, Lino, Cláudia, e todos os irmãos. 22O Senhor esteja com o teu espírito! A graça esteja com todos vós!

PRIMEIRA EPÍSTOLA A TIMÓTEO
EPISTOLA A TITO
Ajude a Melhorar Ainda Mais o site, Avalie: