PRIMEIRO CRÔNICAS

0
2
SEGUNDO REIS
SEGUNDO CRÔNICAS

PRIMEIRO CRÔNICAS

I. Em torno de Davi: Genealogias

1. DE ADÃO E ISRAEL

1Origem dos três grandes grupos 1Adão, Set, Enós, 2Cainã, Malaleel, Jared, 3Henoc, Matusalém, Lamec, 4Noé, Sem, Cam e Jafé.

Os jafetitas5Filhos de Jafé: Gomer, Magog, os medos, Javã, Tubal, Mosoc, Tiras. 6Filhos de Gomer: Asquenez, Rifat, Togorma. 7Filhos de Javã: Elisa, Társis, os Cetim e os Dodanim.

Os camitas8Filhos de Cam: Cuch, Mesraim, Fut, Canaã. 9Filhos de Cuch: Seba, Hévila, Sabata, Regma, Sabataca. Filhos de Regma: Sabá e Dadã. 10Cuch gerou Nemrod, que foi o primeiro homem poderoso na terra. 11Mesraim gerou os povos de Lud, de Anam, de Laab, de Naftu, 12de Patros, de Caslu e de Cáftor, dos quais descendem os filisteus. 13Canaã gerou Sídon, seu primogênito, depois Het, 14os jebuseus, os amorreus, os gergeseus, 15os heveus, os araceus, os sineus, 16os arádios, os samareus e os emateus.

Os semitas17Filhos de Sem: Elam, Assur, Arfaxad, Lud e Aram. Filhos de Aram: Hus, Hul, Geter e Mes. 18Arfaxad gerou Salé, e Salé gerou Héber. 19Héber teve dois filhos: o primeiro recebeu o nome de Faleg, pois foi na sua época que a terra foi dividida, e seu irmão chamava-se Jectã. 20Jectã gerou Elmodad, Salef, Asarmot, Jaré, 21Aduram, Uzal, Decla, 22Ebal, Abimael, Sabá, 23Ofir, Hévila, Jobab, todos eles filhos de Jectã.

De Sem a Abraão24Sem, Arfaxad, Salé, 25Héber, Faleg, Reú, 26Sarug, Nacor, Taré, 27Abrão, ou melhor, Abraão. 28Filhos de Abraão: Isaac e Ismael. 29São estes os seus descendentes:

Os ismaelitas — O primogênito de Ismael foi Nabaiot; depois nasceram-lhe Cedar, Adbeel, Mabsam, 30Masma, Duma, Massa, Hadad, Tema, 31Jetur, Nafis e Cedma. Esses são os filhos de Ismael.32Filhos de Cetura, concubina de Abraão. Deu à luz Zamrã, Jecsã, Madã, Madiã, Jesboc e Sué. Filhos de Jecsã: Sabá e Dadã. 33Filhos de Madiã: Efa, Ofer, Henoc, Abida, Eldaá. Todos esses são filhos de Cetura.

Isaac e Esaú34Abraão gerou Isaac. Filhos de Isaac: Esaú e Israel. 35Filhos de Esaú: Elifaz, Reuel, Jeús, Jalam e Coré. 36Filhos de Elifaz: Temã, Omar, Sefo, Gatam, Cenez, Tamna, Amalec. 37Filhos de Reuel: Naat, Zara, Sama, Meza. 38Filhos de Seir, Lotã, Sobal, Sebeon, Ana, Dison, Eser, Disã. 39Filhos de Lotã: Hori e Emam. Irmã de Lotã: Tamna. 40Filhos de Sobal: Aliã, Manaat, Ebal, Sefo, Onam. Filhos de Sebeon: Aia e Ana. 41Filho de Ana: Dison. Filhos de Dison: Hamrã, Esebã, Jetrã, Ca- rã. 42Filhos de Eser: Balaã, Zavã, Jacaã. Filhos de Disã: Hus e Arã.

Os reis de Edom43São estes os reis que reinaram na terra de Edom, antes que reinasse um rei israelita: Bela, filho de Beor, cuja cidade se chamava Danaba. 44Após a morte de Bela, reinou em seu lugar Jobab, filho de Zara, de Bosra. 45Após a morte de Jobab, reinou em seu lugar Husam, da terra dos temanitas. 46Morto Husam, reinou em seu lugar Adad, filho de Badad, que venceu os madianitas nos Campos de Moab; sua cidade chamava-se Avit. 47Morto Adad, sucedeu-lhe no trono Semla de Masreca. 48Morto Semla, sucedeu-lhe Saul de Reobot Naar. 49Saul morreu e, em seu lugar, reinou Baalanã, filho de Acobor. 50Quando morreu Baalanã, sucedeu-lhe Adad, natural da cidade de Fau e casado com Meetabel, filha de Matred, filha de Mezaab.

Os chefes de Edom51Após a morte de Adad, surgiram chefes em Edom: o chefe Tamna, o chefe Alva, o chefe Jetet, 52 o chefe Oolibama, o chefe Ela, o chefe Finon, 53o chefe Cenez, o chefe Temã, o chefe Mabsar, 54o chefe Magdiel, o chefe Iram. São esses os chefes de Edom.

2. JUDÁ

2 Filhos de Israel1Estes são os filhos de Israel: Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar e Zabulon. 2Dã, José e Benjamim, Neftali, Gad e Aser.

Descendentes de Judá3Filhos de Judá: Her, Onã e Sela. Todos esses três lhe nasceram de Bat-Sua, a cananéia. Her, primogênito de Judá, fez o mal aos olhos de Iahweh, que lhe tirou a vida. 4Tamar, nora de Judá, lhe gerou Farés e Zara. Foram, ao todo, cinco os filhos de Judá. 5Filhos de Farés: Hesron e Hamul. 6Filhos de Zara: Zambri, Etã, Emã, Calcol e Darda; cinco ao todo. 7Filho de Carmi: Acar, que atraiu a desgraça sobre Israel, por ter violado o anátema. 8Fiiho de Etã: Azarias.

Origens de Davi9Filhos de Hesron: nasceram-lhe Jerameel, Ram e Caiubi. 10Ram gerou Aminadab, Aminadab gerou Naasson, príncipe dos filhos de Judá. 11Naasson gerou Salma e Salma gerou Booz. 12Booz gerou Obed e Obed gerou Jessé. 13Jessé gerou Eliab, seu primogênito; Abinadab, o segundo, Samaá, o terceiro; 14Natanael, o quarto; Radai, o quinto; 15Asom, o sexto; Davi, o sétimo. 16Eles tinham duas irmãs: Sárvia e Abigail. Filhos de Sárvia: Abisaí, Joab e Asael: três. 17Abigail deu à luz a Amasa, cujo pai foi Jeter, o ismaelita.

Caleb18Caleb, filho de Hesron, gerou Jeriot, de sua mulher Azuba;f são estes os filhos que ela teve: Jaser, Sobab e Ardon. 19Quando Azuba morreu, Caleb casou-se com Éfrata, que lhe deu à luz Hur. 20Hur gerou Uri, e Uri gerou Beseleel. 21Depois Hesron desposou a filha de Maquir, pai de Galaad. Aos sessenta anos casou-se com ela, que lhe gerou Segub. 22Segub gerou Jair, que possuía vinte e três cidades na terra de Galaad. 23Mais tarde, Aram e Gessur apoderaram-se dos Aduares de Jair, Canat e suas adjacências, num total de sessenta localidades. Tudo isso pertencia aos filhos de Maquir,pai de Galaad. 24Depois que morreu Hesron, Caleb casou-se com Éfrata, esposa de seu pai Hesron, que lhe gerou Asur, pai de Técua.

Jerameel25Jerameel, primogênito de Hesron, teve os seguintes filhos: Ram, o primogênito, Buna, Oren, Asom, Aías. 26Jeramee! teve outra mulher, chamada Atara, que foi a mãe de Onam. 27Os filhos de Ram, primogênito de Jerameel, foram Moos, Jamin e Acar. 28Os filhos de Onam foram Semei e Jada. Filhos de Semei: Nadab e Abisur. 29A mulher de Abisur chamava-se Abiail; ela lhe deu à luz Aobã e Molid. 30Filhos de Nadab: Saled e Efraim. Saled morreu sem filhos. 31Filho de Efraim: Jesi; filho de Jesi: Sesã; filho de Sesã: Oolai. 32Filhos de Jada, irmão de Semei: Jeter e Jônatas. Jeter morreu sem filhos. 33Filhos de Jônatas: Falet e Ziza. Foi essa a descendência de Jerameel. 34Sesã não teve filhos, mas filhas sim. Tinha ele um servo egípcio de nome Jaraá, 35ao qual Sesã deu sua filha por esposa. Ela lhe deu à luz Etei. 36Etei gerou Natã, Natã gerou Zabad, 37Zabad gerou Oflal, Oflal gerou Obed, 38Obed gerou Jeú, Jeú gerou Azarias, 39Azarias gerou Helés, Helés gerou Elasa, 40Elasa gerou Sisamoi, Sisamoi gerou Selum, 41Selum gerou Icamias, Icamias gerou Elisama.

Caleb42Filhos de Caleb, irmão de Jerameel: Mesa, o primogênito; é o pai de Zif. Seu filho, Maresa, pai de Hebron. 43Filhos de Hebron: Coré, Tafua, Recém e Sama. 44Sama gerou Raam, pai de Jercaam. Recém gerou Samai. 45O filho de Samai foi Maon, o qual foi pai de Betsur. 46Efa, concubina de Caleb, gerou Harã, Mosa e Gezez. Harã gerou Gezez. 47Filhos de Jaadai: Regom, Joatão, Gesã, Falet, Efa e Saaf. 48Maaca, concubina de Caleb, gerou Saber e Tarana. 49Gerou também Saaf, pai de Madmana, e Sué, pai de Macbena e de Gabaá. A filha de Caleb chamava-se Acsa. 50Foram esses os descendentes de Caleb.

Hur — Filhos de Hur, primogênito de Éfrata: Sobal, pai de Cariat-Iarim, 51Salma, pai de Belém, Harif, pai de Bet-Gader. 52Sobal, pai de Cariat-Iarim, teve por filhos: Haroe, a metade dos manaatitas, 53e os clãs de Cariat-Iarim, jetritas, futitas, sematitas e maseritas. Deles descendem os povos de Saraá e de Estaol. 54Filhos de Salma: Belém, os netofatitas, Atarot-Bet-Joab, a metade dos manaatitas, os saraítas, 55os clãs sofritas que moram em Jabes, os tiriateus, os simeateus, os sucateus. São esses os quenitas que vêm de Emat, pai da casa de Recab.

3. A CASA DE DAVI

3 Filhos de Davi1Eis os filhos de Davi, que lhe nasceram em Hebron: Amnon, o primogênito, filho de Aquinoam de Jezrael; Daniel, o segundo, de Abigail de Carmel; 2Absalão, o terceiro, filho de Maaca, filha de Tolmai, rei de Gessur; Adonias, o quarto, filho de Hagit; 3Safatias, o quinto, de Abital; Jetraam, o sexto, de Egla, sua esposa. 4Foram, pois, seis os que lhe nasceram em Hebron, onde reinou sete anos e seis meses. Reinou, depois, trinta e três anos em Jerusalém. 5São estes os filhos que lhe nasceram em Jerusalém: Samua, Sobab, Natã, Salomão, todos os quatro filhos de Batsua, filha de Amiel; 6Jebaar, Elisama, Elifalet, 7Noge, Nafeg, Jáfia, 8Elisama, Eliada, Elifalet: nove. 9Todos esses eram filhos de Davi, sem contar os filhos das concubinas. Tamar era irmã deles.

Reis de Judá10Filhos de Salomão: Roboão; Abias, seu filho; Asa, seu filho; Josafá, seu filho; 11Jorão, seu filho; Ocozias, seu filho; Joás, seu filho; 12Amasias, seu filho; Azarias, seu filho; Joatão, seu filho; 13Acaz, seu filho; Ezequias, seu filho; Manassés, seu filho; 14Amon, seu filho; Josias, seu filho. 15Filhos de Josias: Joanã, o mais velho; Joaquim, o segundo; Sedecias, o terceiro; Selum, o quarto. 16Filhos de Joaquim: Jeconias, seu filho; Sedecias, seu filho.

A estirpe real depois do exílio17Filhos de Jeconias, o cativo: Salatiel, seu filho; 18depois Melquiram, Fadaías, Senasser, Jecemias, Hosama, Nadabias. 19Filhos de Fadaías: Zorobabel e Semei. Filhos de Zorobabel: Mo- solam e Hananias. Salomit era irmã deles. 20Filhos de Mosolam: Hasaba, Ool, Baraquias, Hasadias, Josab-Hesed: cinco. 21Filhos de Hananias: Faldas, Jeseías, seu filho; Rafaías, seu filho; Arnã, seu filho; Abdias, seu filho; Sequenias, seu filho. 22Filhos de Sequenias: Semeias, Hatus, Jegaal, Barias, Naarias, Safat: seis. 23Filhos de Naarias: Elioenai, Ezequias, Ezricam: três. 24Filhos de Elioenai: Oduías, Eliasib, Feleías, Acub, Joanã, Dalaías, Anani: sete.

4. AS TRIBOS MERIDIONAIS

4

Judá. Sobal1Filhos de Judá: Farés, Hesron, Carmi, Hur, Sobal. 2Reaías, filho de Sobal, gerou Jaat, e Jaat gerou Aumai e Laad. São essas as tribos saraítas.

Hur3Eis Abi-Etam, Jezrael, Jesema, Jedebos, cuja irmã sé chamava Asalelfuni. 4Fanuel foi o pai de Gedor; Ezer pai de Hosa. São esses os filhos de Hur, primogênito de Éfrata, pai de Belém.

Asur5Asur, pai de Técua, teve duas esposas: Halaá e Naara. 6Naara lhe gerou Oozam, Héfer, os tamanitas e os aastaritas. São esses os filhos de Naara. 7Filhos de Halaá: Seret, Saar, Etnã. 8Cós gerou Anob, Soboba e os clãs de Aareel, filho de Arum. 9Jabes suplantou seus irmãos. Sua mãe deu-lhe o nome de Jabes, dizendo: “Dei à luz entre dores.”10Jabes invocou o Deus de Israel: “Se efetivamente me abençoares”, disse ele, “aumentarás meu território, tua mão estará comigo, farás que se afaste o mal e minha dor terá fim.” Deus lhe concedeu o que pedira.

Caleb11Calub, irmão de Suaá, gerou Mair; esse é o pai de Eston. 12Eston gerou Bet-Rafa, Fesse, Teina, pai de Irnaás. São esses os homens de Recab. 13Filhos de Cenez: Otoniel e Saraías. Filhos de Otoniel: Hatat e Maonati; 14Maonati gerou Ofra. Saraías gerou Joab, pai de Ge-Harasim. De fato eles eram artesãos. 15Filhos de Caleb, filho de Jefoné: Hir, Ela e Naam, Filho de Ela: Cenez. 16Filhos de Jaleleel: Zif, Zifa, Tirias, Asrael. 17Filhos de Ezra: Jeter, Mered, Éfer, Jalon. Mais tarde, ela concebeu Maria, Samai e Jesba, pai de Esterno; 18sua mulher judaíta deu à luz Jared, pai de Gedor, Héber, pai de Soco, e Icutiel, pai de Zanoe. São esses os filhos de Betias, a filha do faraó, com a qual se casara Mered. 19Filhos da mulher de Odias, irmã de Naam, pai de Ceila, o garmita, e de Esterno, o maacatita. 20Filhos de Simão: Amnon, Rina, Ben-Hanã, Tilon. Filhos de Jesi: Zoet e Ben-Zoet.

Sela21Filhos de Sela, filho de Judá: Her, pai de Leca; Laada, pai de Maresa, e os clãs dos fabricantes de linho em Bet-Asbea. 22Joaquim, os homens de Cozeba, Joás e Saraf, que foram se casar em Moab, antes de voltarem a Belém. (Tais fatos são antigos). 23Eles eram oleiros e moravam em Nataim e Gadera, em companhia do rei, para quem trabalhavam.

Simeão — Filhos de Simeão: Namuel, Jamin, Jarib, Zara, Saul. 25Selum, seu filho; Mabsam, seu filho; Masma, seu filho. 26Filhos de Masma: Hamuel, seu filho; Zacur, seu filho; Semei, seu filho. 27Semei teve dezesseis filhos e seis filhas, mas seus irmãos não tiveram muitos filhos e, no conjunto, suas famílias não se multiplicaram como os filhos de Judá. 28Moravam em Bersabéia, Molada e Hasar-Sual, 29Bala, Asem e Tolad, 30Batuel, Horma e Siceleg, 31Bet-Marcabot, Hasar-Susim, Bet-Berai, Saarim. Foram essas as suas cidades, até o reinado de Davi. 32Suas aldeias foram: Etam, Aen, Remon, Toquen e Asã, cinco cidades 33e todas as aldeias ao redor dessas cidades até Baalat. Foi lá que eles moraram e lá foram registrados: 34Masobab, Jemlec, Josa, filho de Amasias, 35Joel, Jeú, filho de Josabias, filho de Saraías, filho de Asiel, 36Elioenai, Jacoba, Isuaías, Asaías, Adiel, Isimiel, Banaías, 37Ziza, Ben-Sefei, Ben-Alon, Ben-Jedaías, Ben-Semri, Ben-Samaías. 38Esses homens, citados nominalmente, eram príncipes em seus clãs e suas famílias cresceram enormemente. 39Percorreram desde o passo de Gerara até o oriente do vale, procurando pastagens para seu gado. 40Encontraram pastagens boas e abundantes; a região era vasta, tranqüila e pacífica. Eram cambas os que habitavam lá antes. 41Os simeonitas, inscritos por seus nomes, chegaram no tempo de Ezequias, rei de Judá; apoderaram-se de suas tendas e dos abrigos que lá se achavam. Votaram-nos a um anátema que dura ainda em nossos dias, e se estabeleceram em seu lugar, pois lá havia pastagens para o seu rebanho. 42Alguns deles, pertencentes aos filhos de Simeão, foram para a montanha de Seir: quinhentos homens comandados por Faltias, Naarias, Rafaías, Oziel, os filhos de Jesi. 43Abateram o resto dos sobreviventes de Amalec e fizeram lá sua morada, até nossos dias.

5. AS TRIBOS DA TRANSJORDÂNIA

5 Rúben1Filhos de Rúben, primogênito de Israel. Era de fato o primogênito; mas por ter violado o leito de seu pai, seu direito de primogenitura foi dado aos filhos de José, filho de Israel, e ele não foi mais considerado como primogênito. 2Judá suplantou seus irmãos e obteve que um príncipe nascesse dele, mas o direito de primogenitura pertencia a José. 3Filhos de Rúben, primogênito de Israel: Henoc, Falu, Hesron, Carmi.

Joel4Filhos de Joel: Samaías, seu filho, Gog, seu filho; Semei, seu filho; 5Micas, seu filho; Reaías, seu filho; Baal, seu filho; 6Beera, seu filho, que Teglat-Falasar, rei da Assíria, levou para o cativeiro. Ele foi príncipe dos rubenitas. 7Seus irmãos, conforme os clãs, agrupados segundo sua parentela: Jeiel, por primeiro; Zacarias, 8Bela, filho de Azaz, filho de Sama, filho de Joel.

Habitat de Rúben — Foi Rúben que, tendo-se fixado em Aroer, estendia-se até Nebo e Baal-Meon. 9Para o oriente, seu território atingia a beira do deserto que o Eufrates limita, pois ele tinha numerosos rebanhos na terra de Galaad. 10No tempo de Saul, guerrearam contra os agarenos, caíram em suas mãos, e os agarenos estabeleceram-se em suas tendas, em toda a zona oriental de Galaad.

Gad11A seu lado moravam os filhos de Gad na região do Basã até Selca: 12JoeI, o primeiro; Safam, o segundo; depois Janaí e Safat em Basã. 13Seus irmãos, segundo suas famílias: Miguel, Mosolam, Sebe, Jorai, Jacã, Zie, Héber: sete. 14Estes os filhos de Abiail: Ben-Uri, Ben-Jaroe, Ben-Galaad, Ben-Miguel, Ben-Jesesi, Ben-Jedo, Ben-Buz. 15Ai, filho de Abdiel, filho de Guni, era o chefe de sua família. 16Tinham-se fixado em Galaad, em Basã e seus arredores, bem como em todas as pastagens do Saron até seus limites extremos. 17Foi na época de Joatão, rei de Judá, e de Jeroboão, rei de Israel, que todos eles foram recenseados. 18Os filhos de Rúben, os filhos de Gad, a metade da tribo de Manassés, alguns dos seus guerreiros, homens armados de escudo, espada, sabendo manejar o arco e exercitados em combates, em número de quarenta e quatro mil, setecentos e sessenta, aptos para a guerra, 19lutaram contra os agarenos em Jetur, Nafis e Nodab. 20Deus lhes veio em auxílio contra eles, e os agarenos, bem como todos os seus aliados, caíram em seu poder, pois eles haviam invocado a Deus no combate e foram atendidos por terem posto nele a sua confiança. 21Arrebataram os rebanhos dos agarenos: cinqüenta mil camelos, duzentas e cinqüenta mil ovelhas, dois mil jumentos e cem mil pessoas, 22pois, tendo Deus conduzido o combate, a maior parte pereceu. E se instalaram na terra deles até o exílio.

A meia tribo de Manassés23Os membros da meia tribo de Manassés estabeleceram-se na região entre Basã e Baal-Hermon, o Sanir e o monte Hermon. Eram numerosos. 24Eis os chefes de suas famílias: Éfer, Jesi, Eliel, Ezriel, Jeremias, Odoías, Jediel. Eram homens fortes e valorosos, gente famosa, chefes de suas famílias. 25Mas foram infiéis ao Deus de seus pais, e se prostituíram aos deuses dos povos do país que Deus havia aniquilado diante deles. 26O Deus de Israel excitou o espírito de Pui, rei da Assíria e o de Teglat-Falasar, rei da Assíria. Ele deportou Rúben, Gad e a meia tribo de Manassés, e os conduziu para Hala, para Habor, para Ara e para o rio Gozã. Lá estão eles ainda hoje.

6. LEVI

A ascendência dos sumos sacerdotes27Filhos de Levi: Gérson, Caat e Merari. 28Filhos de Caat: Amram, Isaar, Hebron, Oziel. 29Filhos de Amram: Aarão, Moisés e Maria. Filhos de Aarão: Nadab e Abiú, Eleazar e Itamar. 30Eleazar gerou Finéias, Finéias gerou Abisue, 31Abisue gerou Boci, Boci gerou Ozi, 32Ozi gerou Zaraías, Zaraías gerou Meraiot, 33Meraiot gerou Amarias, Amarias gerou Aquitob, 34Aquitob gerou Sadoc, Sadoc gerou Aquimaás, 33Aquimaás gerou Azarias, Azarias gerou Joanã, 36Joanã gerou Azarias. Foi este que exerceu o sacerdócio no templo construído por Salomão em Jerusalém.37Azarias gerou Amarias, Amarias gerou Aquitob, 38Aquitob gerou Sadoc, Sadoc gerou Selum, 39Selum gerou Helcias, Helcias gerou Azarias,40Azarias gerou Saraías, Saraías gerou Josedec, 41e Josedec teve de partir quando Iahweh, pela mão de Nabucodonosor, exilou Judá e Jerusalém.

6 Descendência de Levi:1Filhos de Levi: Gersam, Caat e Merari. 2Eis os nomes dos filhos de Gersam: Lobni e Semei. 3Filhos de Caat: Amram, Isaar, Hebron e Oziel. 4Filhos de Merari: Mooli e Musi. São esses os clãs de Levi, agrupados segundo seus pais. 5De Gersam: Lobni, seu filho; Jaat, seu filho; Zama, seu filho; 6Joa, seu filho; Ado, seu filho; Zara, seu filho; Jetrai, seu filho. 7Filhos de Caat: Aminadab, seu filho; Coré, seu filho; Asir, seu filho; 8Elcana, seu filho; Abiasaf, seu filho; Asir, seu filho; 9Taat, seu filho; Uriel, seu filho; Ozias, seu filho; Saul, seu filho; 10Filhos de Elcana: Amasai e Aquimot. 11Elcana, seu filho; Sofai, seu filho; Naat, seu filho; l2Eliab, seu filho; Jeroam, seu filho; Elcana, seu filho. 13Filhos de Elcana: Samuel, o mais velho, e Abias, o segundo. 14Filhos de Merari: Mooli, Lobni, seu filho; Semei, seu filho; Oza, seu filho; 15Samaá, seu filho; Hagias, seu filho; Asaías, seu filho.

Os cantores 16Eis os que Davi encarregou de dirigir o canto no templo de Iahweh, quando a Arca teve aí o seu lugar de repouso. 17Estiveram a serviço do canto diante da Habitação da Tenda da Reunião até que Salomão construiu em Jerusalém o templo de Iahweh, e exerciam o seu ofício em conformidade com o regulamento. 18Eis os que estavam em função e seus filhos:Entre os filhos de Caat: Emã o cantor, filho de Joel, filho de Samuel, 19filho de Elcana, filho de Jeroam, filho de Eliel, filho de Toú, 20filho de Suf, filho de Elcana, filho de Maat, filho de Amasai, 21filho de Elcana, filho de Joel, filho de Azarias, filho de Sofonias, 22filho de Taat, filho de Asir, filho de Abiasaf, filho de Coré, 23filho de Isaar, filho de Caat, filho de Levi, filho de Israel. 24Seu irmão Asaf ficava à sua direita: Asaf filho de Baraquias, filho de Samaé, 25filho de Miguel, filho de Basaías, filho de Melquias, 26filho de Atanai, filho de Zara, filho de Adaías, 27filho de Etã, filho de Zama, filho de Semei, 28filho de Jet, filho de Gersam, filho de Levi. 29À esquerda, seus irmãos, filhos de Merari: Etã, filho de Cusi, filho de Abdi, filho de Maloc, 30Filho de Hasabias, filho de Amasias, filho de Helcias,31filho de Amasai, filho de Boni, filho de Somer, 32filho de Mooli, filho de Musi, filho de Merari, filho de Levi.

Os outros levitas33Seus irmãos, os levitas, estavam inteiramente dedicados ao serviço da Habitação do Templo de Deus. 34Aarão e seus filhos queimavam as oblações sobre o altar dos holocaustos e sobre o altar dos perfumes; ocupavam-se exclusivamente das coisas mais santas e do rito da expiação para Israel; conformavam-se a tudo quanto ordenara Moisés, servo de Deus. 35Eis os filhos de Aarão: Eleazar, seu filho; Finéias, seu filho: Abisue, seu filho; 36Boci, seu filho; Ozi, seu filho; Zaraías, seu filho; 37Meraiot, seu filho; Amarias, seu filho; Aquitob, seu filho; 38Sadoc, seu filho; Aquimaás, seu filho.

Habitat dos aaronidas39Eis os lugares em que moravam, segundo os limites de seus acampamentos: Aos filhos de Aarão, do clã de Caat (pois foi para eles que caiu a sorte), 40foi dada Hebron, no país de Judá, com as pastagens vizinhas. 41A Caleb, filho de Jefoné, foram dados os campos e suas aldeias, 42mas aos filhos de Aarão foram dadas as cidades de refúgio: Hebron, Lebna e suas pastagens, Jeter, Esterno e suas pastagens, 43Helon e suas pastagens, Dabir e suas pastagens, 44Asã e suas pastagens, Bet-Sames e suas pastagens. 45Aos da tribo de Benjamim foram dadas Gaba e suas pastagens, Almat e suas pastagens, Anatot e suas pastagens. Seus clãs compreendiam ao todo treze cidades.

Habitat dos outros levitas46Os outros filhos de Caat obtiveram por sorte dez cidades tomadas aos clãs da tribo, da meia tribo de Manassés. 47Os filhos de Gersam e seus clãs obtiveram treze cidades tomadas da tribo de Issacar, da tribo de Aser, da tribo de Neftali e da tribo de Manassés, em Basã. 48Os filhos de Merari e seus clãs obtiveram por sorte doze cidades tomadas da tribo de Rúben, da tribo de Gad e da tribo de Zabulon. 49Os filhos de Israel designaram aos levitas essas cidades com suas pastagens. 50Também por sorteio designaram as cidades a que deram seus nomes, as quais foram tomadas das tribos dos filhos de Judá, dos filhos de Simeão e dos filhos de Benjamim. 51Da tribo de Efraim que foram tomadas as cidades do território de alguns clãs dos filhos de Caat. 52Foram dadas a eles as seguintes cidades de refúgio: Siquém e suas pastagens, na montanha de Efraim, Gazer e suas pastagens, 53Jecmaam e suas pastagens, Bet-Horon e suas pastagens, 54Aialon e suas pastagens, Gat-Remon e suas pastagens, 55e da meia tribo de Manassés: Aner e suas pastagens, Balaam e suas pastagens. Isso foi dado ao clã dos outros filhos de Caat. 56Para os filhos de Gersam, foram tomadas, dos clãs da meia tribo de Manassés, Golã em Basã, e suas pastagens, Astarot e suas pastagens; 57da tribo de Issacar, Cedes e suas pastagens, Daberet e suas pastagens, 58Ramot e suas pastagens, Anem e suas pastagens; 59da tribo de Aser, Masal e suas pastagens, Abdon e suas pastagens, 60Hucoc e suas pastagens, Roob e suas pastagens; 61da tribo de Neftali, Cedes, na Galiléia, e suas pastagens, Hamon e suas pastagens, Cariataim e suas pastagens. 62Para os outros filhos de Merari, foram tomadas, da tribo de Zabulon: Remon e suas pastagens, Tabor e suas pastagens, 63do outro lado do Jordão, perto de Jericó, a Oriente do Jordão; da tribo de Rúben: Bosor, no deserto, e suas pastagens, Jasa e suas pastagens, 64Cedimot e suas pastagens, Mefaat e suas pastagens; 65da tribo de Gad: Ramot, em Galaad, e suas pastagens, Maanaim e suas pastagens, 66Hesebon e suas pastagens, Jazer e suas pastagens.

7. AS TRIBOS DO NORTE

7 Issacar1Filhos de Issacar: Tola, Fua, Jasub, Semron: quatro. 2Filhos de Tola: Ozi, Rafaías, Jeriel, Jemai, Jebsem, Samuel, chefes das famílias de Tola. Esses somavam, ao tempo de Davi, vinte e dois mil e seiscentos guerreiros valentes, agrupados segundo sua parentela. 3Filho de Ozi; Izraías. Filhos de Izraías: Miguel, Abdias, Joel, Jesias. Ao todo, cinco chefes 4responsáveis pelas tropas de guerra, constituídas de trinta e seis mil homens, repartidos segundo sua parentela e suas famílias; com efeito, tinham muitas mulheres e filhos. 5Tinham irmãos pertencentes a todos os clãs de Issacar, valentes guerreiros, em número de oitenta e sete mil homens, que pertenciam todos a um destacamento.

Benjamim6Benjamim: Bela, Bocor, Jadiel: três. 7Filhos de Bela: Esbon, Ozi, Oziel, Jerimot e Urai: cinco, chefes de família, valentes guerreiros, somando vinte e dois mil e trinta e quatro homens. 8Filhos de Bocor: Zamira, Joás, Eliezer, Elioenai, Amri, Jerimot, Abias, Anatot, Almat; todos filhos de Bocor; 9os chefes de suas famílias, guerreiros valentes, contavam, segundo sua parentela, vinte mil e duzentos homens. 10Filho de Jadiel: Balã. Filhos de Balã: Jeús, Benjamim, Aod, Canana, Zetã, Társis, Aisaar. 11Todos esses filhos de Jadiel tornaram-se chefes de família, valentes guerreiros, em número de dezessete mil e duzentos homens aptos para a guerra e para combater. 12Sufan e Hufam. Filho de Ir: Hasim; seu filho: Aer.

Neftali13Filhos de Neftali: Jasiel, Guni, Jeser, Selum. Eram filhos de Bala.

Manassés14Filhos de Manassés: Esriel, que sua concubina araméia deu à luz. Ela gerou também Maquir, pai de Galaad. 15Maquir tomou uma esposa para Hufam e Sufam. O nome de sua irmã era Maaca. O nome do segundo era Salfaad. Salfaad teve filhas. 16Maaca, mulher de Maquir, deu à luz um filho, a quem deu o nome de Farés. Seu irmão chamava-se Sares, e seus filhos, Ulam e Recém. 17Filho de Ulam: Badã. Esses foram os filhos de Galaad, filho de Maquir, filho de Manassés. 18Tinha uma irmã chamada Amaléquet, que deu à luz Isod, Abiezer e Moola. 19Semida teve os seguintes filhos: Ain, Siquém, Leci e Aniam.

Efraim20Filho de Efraim: Sutala. Bared, seu filho; Taat, seu filho; Elada, seu filho; Taat, seu filho; 21Zabad, seu filho; Sutala, seu filho; Ezer e Elada. Pessoas de Gad, nascidas no país, os mataram, pois eles tinham descido para roubar seus rebanhos. 22Seu pai, Efraim, chorou-os por muito tempo e seus irmãos vieram consolá-lo. 23Depois procurou sua esposa, a qual concebeu e deu à luz um filho que ele chamou Berias, pois “sua casa estava na infelicidade.”24Teve por filha Sara, que construiu Bet-Horon inferior e superior, e Ozensara. 25Rafa, seu filho; Sutala, seu filho; Taã, seu filho; 26Laadã, seu filho; Amiud, seu filho; Elisama, seu filho; 27Nun, seu filho; Josué, seu filho. 28Eles possuíam propriedades e habitavam em Betel e seus arredores; em Norã, a leste; em Gazer e seus arredores, a oeste; em Siquém e seus arredores, e até em Ai e seus arredores. 29Betsã com seus arredores, Tanac com seus arredores, Meguido com seus arredores, Dor com seus arredores, estavam nas mãos dos filhos de Manassés. É lá que moravam os filhos de José, filho de Israel.

Aser30Filhos de Aser: Jemna, Jesua, Jessui, Beria; Sara era irmã deles. 31Filhos de Beria: Héber e Melquiel. Este foi o pai de Barzait. 32Héber gerou Jeflat, Somer, Hotam e Suaá, irmã deles. 33Filhos de Jeflat: Fosec, Bamaal e Asot. São esses os filhos de Jeflat. 34FiIhos de Somer, irmão dele: Roaga, Haba e Aram. 35FiIhos de Hélem, irmão dele: Sufa, Jemna, Seles e Amai. 36FiIhos de Sufa: Sue, Harnafer, Suai, Beri e Jamra, 37Bosor, Od, Sama, Salusa, Jetrã e Beera. 38Filhos de Jetrã: Jefoné, Fasfa, Ara. 39Filhos de Ola: Area, Haniel, Resias. 40Todos esses eram filhos de Aser, chefes de famílias, homens de elite, guerreiros valentes, primeiros dos príncipes; eles se agruparam em pelotões de combate, somando vinte e seis mil homens.

8. BENJAMIM E JERUSALÉM

8 Descendência de Benjamim1Benjamim gerou Bela, seu primogênito; Asbel, o segundo; Airam, o terceiro; 2Noaá, o quarto; Rafa, o quinto. 3Os filhos de Bela foram: Adar, Gera, Pai de Aod,4Abisue, Naamã e Aoe, 5Gera, Sefufam e Huram.

Em Gaba6Eis os filhos de Aod. Foram estes os chefes de família dos habitantes de Gaba e os conduziram cativos para Manaat: 7Naamã, Aías e Gera. Foi este que os levou cativos; ele gerou Oza e Aiud.

Em Moab8Ele gerou Saaraim nos Campos de Moab, depois de haver repudiado suas mulheres, Husim e Baara. 9De sua nova mulher teve os seguintes filhos: Jobab, Sebias, Mesa, Melcam, 10Jeús, Sequias, Marma. Esses foram os seus filhos, chefes de família.

Em Ono e Lod11De Husim nasceram-lhe Abitob e Elfaal. 12Filhos de Elfaal: Héber, Misaam e Samad: foi este quem construiu Ono e Lod com seus arredores.

Em Aialon 13Berias e Sama eram chefes de família dos habitantes de Aialon e puseram em fuga os habitantes de Gat. 14Seu irmão: Sesac.

Em Jerusalém — Jerimot, 15Zabadias, Arod, Éder, 16Miguel, Jesfa e Joá eram filhos de Berias. 17Zabadias, Mosolam, Hezeci, Haber, 18Jesamari, Jeslias, Jobab eram filhos de Elfaal. 19Jacim, Zecri, Zabdi, 20Elioenai, Seletai, Eliel, 21Adaías, Baraías, Samarat eram filhos de Semei. 22Jesfã, Héber, Eliel, 23Abdon, Zecri, Hanã, 24Hananias, Elam, Anatotias, 25Jefdaías, Fanuel eram filhos de Sesac. 26Semsari, Soorias, Otolias, 27Jersias, Elias, Zecri eram filhos de Jeroam. 28Esses eram os chefes das famílias, agrupados segundo sua parentela. Moravam em Jerusalém.

Em Gabaon29Em Gabaon habitavam Jeiel, o pai de Gabaon, cuja esposa se chamava Maaca; 30e os filhos, Abdon, o primogênito, Sur, Cis, Baal, Ner, Nadab, 31Gedor, Aio, Zaquer e Macelot. 32Macelot gerou Samaá; mas eles, ao contrário dos seus irmãos, moravam em Jerusalém com seus irmãos.

Saul e sua família33Ner gerou Cis, Cis gerou Saul, Saul gerou Jônatas, Melquisua, Abinadab e Isbaal. 34Filho de Jônatas: Meribaal; Meribaal gerou Micas. 35Filhos de Micas: Fiton, Melec, Taraá, Aaz. 36Aaz gerou Joada; Joada gerou Almat, Azmot e Zambri. Zambri gerou Mosa. 37Mosa gerou Banaá. Rafa, seu filho; Elasa, seu filho; Asel, seu filho. 38Asel teve seis filhos, cujos nomes são Ezricam, seu primogênito, Ismael, Sarias, Abdias, Hanã. Todos filhos de Asel. 39Filhos de Esec, seu irmão: Ulam, o primogênito; Jeús, o segundo; Elifalet, o terceiro. Ulam teve filhos, homens valorosos e guerreiros, arqueiros. Tiveram muitos filhos e netos: cento e cinqüenta. Todos esses eram filhos de Benjamim.

9 Jerusalém, cidade israelita e cidade santa 1Todo Israel foi repartido em grupos, e estava inscrito no livro dos reis de Israel e de Judá quando foi deportado para Babilônia por causa de suas infidelidades. 2Os primeiros a habitar em suas cidades e em seu patrimônio foram os filhos de Israel: os sacerdotes, os levitas e os “doados”; 3em Jerusalém moraram filhos de Judá, de Benjamim, de Efraim e de Manassés. 4Otei, filho de Amiud, filho de Amri, filho de Omrai, filho de Bani, um dos filhos de Farés, filho de Judá. 5Dos selanitas, Asaías, o primogênito, e seus filhos. 6Dos filhos de Zara, Jeuel e seus irmãos: seiscentos e noventa homens. 7Dos filhos de Benjamim: Saio, filho de Mosolam, filho de Oduías, filho de Asana; 8Joabnias, filho de Jeroam; Ela, filho de Ozi, filho de Mocori; Mosolam, filho de Safadas, filho de Reuel, filho de Jebanias. 9Tinham novecentos e cinqüenta e seis irmãos reunidos segundo sua parentela. Todos esses homens eram chefes, cada um de sua família. 10Dos sacerdotes: Jedaías, Joiarib, Jaquin, 11Azarias, filho de Helcias, filho de Mosolam, filho de Sadoc, filho de Maraiot, filho de Aquitob, chefe do Templo de Deus. 12Adaías, filho de Jeroam, filho de Fassur, filho de Melquias; Maasai, filho de Adiel, filho de Jezra, filho de Mosolam, filho de Mosolamot, filho de Emer, 13e seus irmãos, chefes de família: mil setecentos e sessenta guerreiros valentes, ocupados no serviço do Templo de Deus. 14Dos levitas: Semeias, filho de Hassub, filho de Ezricam, filho de Hasabias, dos filhos de Merari, 15Bacbacar, Hares, Galai. Matanias, filho de Micas, filho de Zecri, filho de Asaf; 16Abdias, filho de Semeias, filho de Galai, filho de Iditun; Baraquias, filho de Asa, filho de Elcana, que habitavam nas aldeias dos netofatitas. 17Os porteiros: Selum, Acub, Telmon, Aimã, e seus irmãos. Selum, o chefe, 18permanece ainda hoje junto à porta real, a oriente. Eram estes os porteiros dos acampamentos dos levitas: 19Selum, filho de Coré, filho de Abiasaf, filho de Cora, e seus irmãos, os coreítas, da mesma família, dedicavam-se ao serviço litúrgico; guardavam a entrada da Tenda, e seus pais, responsáveis pelo acampamento de Iahweh, guardavam seu acesso. 20Finéias, filho de Eleazar, fora outrora seu chefe responsável (que Iahweh esteja com ele!).21Zacarias, filho de Mosolamias, era porteiro na entrada da Tenda da Reunião. 22Os porteiros dos limiares pertenciam todos à elite; eram duzentos e doze. Estavam agrupados em suas aldeias. Foram eles que Davi e Samuel, o vidente, estabeleceram, devido à sua fidelidade. 23Juntamente com seus filhos, eram responsáveis pelas portas do Templo de Iahweh, pela casa da Tenda. 24Nos quatro pontos cardeais ficavam os porteiros: a leste, a oeste, ao norte e ao sul. 25Seus irmãos, que moravam nas suas aldeias vinham ter com eles, de tempos a tempos, por uma semana, 26pois os quatro chefes dos porteiros lá ficavam constantemente. Os levitas eram responsáveis pelas câmaras e pelas provisões da casa de Deus. 27Passavam a noite ao redor da casa de Deus, pois deviam guardá-la e abri-la todas as manhãs. 28Alguns deles cuidavam dos objetos do culto; contavam-nos aos recolocá-los e ao retirá-los. 29Alguns outros eram responsáveis pela mobília, por toda a mobília sacra, pela flor da farinha, pelo vinho, pelo óleo, pelo incenso, e pelos perfumes, 30ao passo que os que preparavam a essência aromática para os perfumes eram sacerdotes. 31Um dos levitas, Matatias — primogênito de Selum, o coreíta, — foi, em razão de sua fidelidade, encarregado da confecção das oferendas que se coziam na sertã. 32Entre seus irmãos, alguns caatitas estavam encarregados dos pães a serem apresentados cada sábado. 33Eis os cantores,5 chefes de famílias levíticas. Moravam nas dependências do Templo, livres de outras funções, pois estavam em serviço dia e noite. 34São esses os chefes das famílias levíticas, agrupados segundo sua parentela. Esses chefes moravam em Jerusalém.

9. SAUL, PREDECESSOR DE DAVI

Origens de Saul35Em Gabaon moravam o pai de Gabaon, Jeiel, cuja mulher chamava-se Maaca, 36e os filhos, Abdon, o primogênito, Sur, Cis, Baal, Ner, Nadab, 37Gedor, Aio, Zacarias, Macelot. 38Macelot gerou Samaam. Mas eles, ao contrário de seus irmãos, moravam em Jerusalém com seu irmãos. 39Ner gerou Cis, Cis gerou Saul, Saul gerou Jônatas, Melquisua, Abinadab, Isbaal. 40Filho de Jônatas: Meribaal. Meribaal gerou Micas. 41Filhos de Micas: Fiton, Melec, Taraá. 42Aaz gerou Jara, Jara gerou Almat, Azmot e Zambri; Zambri gerou Mosa. 43Mosa gerou Banaá. Rafaías, seu filho; Elasa, seu filho; Asel, seu filho. 44Asel teve seis filhos, cujos nomes são Ezricam, seu primogênito, Ismael, Sarias, Abdias, Hanã; esses são os filhos de Asel.

10 Batalha de Gelboé, morte de Saul1Os filisteus travaram uma batalha contra Israel. Os homens de Israel fugiram diante deles e tombaram, feridos mortalmente, na montanha de Gelboé. 2Os filisteus perseguiram Saul e seus filhos, e mataram Jônatas, Abinadab e Melquisua, filhos de Saul. 3O peso do combate recaiu então sobre Saul. Os arqueiros o descobriram e ele foi ferido pelos arqueiros. 4Então disse Saul a seu escudeiro: “Tira tua espada e traspassa-me, para não acontecer que esses incircuncisos zombem de mim.” Mas seu escudeiro recusou-se, pois estava com muito medo. Então Saul pegou sua espada e lançou-se sobre ela. 5Vendo que Saul estava morto, o escudeiro lançou-se também sobre sua espada e morreu. 6Assim morreram juntos Saul, seus três filhos e toda a sua casa. 7Todos os homens de Israel que estavam no vale, ao verem que os homens de Israel fugiam e que Saul e seus filhos tinham morrido, abandonaram suas cidades e fugiram. Vieram os filisteus e lá se estabeleceram. 8No dia seguinte, os filisteus vindos para espoliar os mortos encontraram Saul e seus filhos caídos no monte Gelboé. 9Eles o despojaram, levaram sua cabeça e suas armas e as fizeram conduzir por toda a terra filistéia, para anunciar a boa nova a seus ídolos e a seu povo. 10Colocaram suas armas na casa de seu deus e pregaram seu crânio no templo de Dagon. 11Quando todos os habitantes de Jabes de Galaad souberam o que os filisteus tinham feito com Saul, 12todos os guerreiros se puseram a caminho. Retiraram os corpos de Saul e de seus filhos, levaram-nos para Jabes, sepultaram seus ossos debaixo do terebinto de Jabes e jejuaram durante sete dias. 13SauI pereceu por se ter mostrado infiel para com Iahweh: não seguira a palavra de Iahweh e, além disso, interrogara e consultara uma necromante. 14Não consultou a Iahweh que o fez perecer e transferiu a realeza a Davi, filho de Jessé. II. Davi, fundador do culto do Templo

1. A REALEZA DE DAVI

11 Unção de Davi como rei de Israel1Então todo o Israel se reuniu em torno de Davi, em Hebron, e disse-lhe: “Vê, somos de teus ossos e de tua carne. 2Já antigamente, quando Saul reinava sobre nós, eras tu que saías e retornavas com Israel, e Iahweh teu Deus te disse: ‘És tu que apascentarás Israel, meu povo, e és tu que serás o chefe de meu povo, Israel’.” 3Todos os anciãos de Israel vieram, pois, para junto do rei em Hebron. Davi concluiu um pacto com eles em Hebron, na presença de Iahweh, e eles ungiram Davi como rei de Israel, segundo a palavra de Iahweh, transmitida por Samuel.

Tomada de Jerusalém4Davi, com todo o Israel, avançou sobre Jerusalém (isto é, Jebus); os moradores da região eram os jebuseus. 5Os habitantes de Jebus disseram a Davi: “Tu não entrarás aqui”. Mas Davi se apoderou da fortaleza de Sião: é a Cidade de Davi. 6E disse Davi: “Quem for o primeiro a ferir um jebuseu será chefe e príncipe.” Joab, filho de Sárvia, foi o primeiro a subir e tornou-se chefe. 7Davi estabeleceu-se na fortaleza, que por isso foi chamada de Cidade de Davi. 8Depois restaurou os contornos da cidade, tanto o Melo como as muralhas, e foi Joab quem restaurou o resto da cidade.9Davi tornava-se cada vez maior e Iahweh dos Exércitos estava com ele.

Os valentes de Davi 10Eis os chefes dos valentes de Davi, que se tornaram poderosos com ele no seu reinado e que, com todo o Israel, o tinham constituído rei, segundo a palavra de Iahweh a respeito de Israel. 11Eis a lista dos valentes de Davi: Jesbaam, filho de Hacamon, chefe dos Três; foi ele quem brandiu sua lança sobre trezentas vítimas de uma só vez. 12Depois dele, Eleazar, filho de Dodô, o aoíta, que era um dos três valentes. 13Estava com Davi em Afes-Domim quando os filisteus se reuniram lá para o combate. Havia lá um campo todo plantado de cevada; o exército fugiu diante dos filisteus, 14mas eles se postaram no meio do campo, defenderam-no e abateram os filisteus. Iahweh efetuou lá uma grande vitória. 15Três dentre os Trinta desceram para perto de Davi, até o rochedo próximo à gruta de Odolam, enquanto um batalhão dos filisteus estava acampado no vale dos rafaim. 16Davi estava então na fortaleza e havia uma guarnição de filisteus em Belém. 17Davi exprimiu este desejo: “Quem me dera beber da água do poço situado junto à porta de Belém?” 18Os Três, abrindo passagem através do acampamento filisteu, tiraram água do poço situado junto à porta de Belém, levaram-na e ofereceram-na a Davi; mas este não a quis beber e derramou-a em libação a Iahweh, 19dizendo: “Deus me livre de fazer isso! Acaso beberei o sangue destes homens que arriscaram suas vidas? Pois foi com risco de vida que eles a trouxeram!” E não quis mesmo beber. Eis o que fizeram esses três valentes. 20Abisaí, irmão de Joab, era o chefe dos Trinta. Foi ele que brandiu sua lança sobre trezentas vítimas e conquistou um nome entre os Trinta.21Foi mais ilustre que os Trinta e tornou-se seu capitão, mas não foi incluído entre os Três. 22Banaías, filho de Joiada, guerreiro de muitas façanhas natural de Cabseel, abateu os dois heróis de Moab; foi ele que, num dia de neve, desceu e matou o leão na cisterna. 23Foi ele também que matou o egípcio, um gigante de cinco côvados de altura, que tinha nas mãos uma lança semelhante a um cilindro de tear; desceu contra ele com um bastão, arrebatou a lança da mão do egípcio e matou-o com sua própria lança. 24Eis o que fez Banaías, filho de Joiada, conquistando um nome entre os Trinta valentes. 25Foi mais ilustre que os Trinta, mas não foi incluído entre os Três; Davi colocou-o no comando de sua guarda pessoal. 26Heróis valorosos: Asael, irmão de Joab; Elcanã, filho de Dodô, de Belém; 27Samot, o harorita; Heles, o felonita; 28Ira, filho de Aces, de Técua; Abiezer, de Anatot; 29Sobocai, de Husa; liai, de Ao; 30Maarai, de Netofa; Héled, filho de Baana, de Netofa; 31Etai, filho de Ribai, de Gabaá dos filhos de Benjamim; Banaías, de Faraton; 32Hurrai, das Torrentes de Gaás; Abiel, de Bet-Arabá; 33Azmot, de Baurim; Eliaba, de Saalbon 34Benê-Asem, de Gezon; Jônatas, filho de Saage, de Arar; 35Aiam, filho de Sacar, de Arar; Elifalet, filho de Ur; 36Héfer, de Maquera; Aías, o felonita; 37Hesro, dé Carmel; Naarai, filho de Azbai; 38Joel, irmão de Natã; Mibaar, filho de Agarai; 39Selec, o amonita; Naarai, de Beerot, escudeiro de Joab, filho de Sárvia; 40Ira, de Jeter; Gareb, de Jeter; 41Urias, o heteu Zabad, filho de Ooli; 42Adina, filho de Siza, o rubenita, chefe dos rubenitas e responsável pelos Trinta; 43Hanã, filho de Maaca; Josafá, o matanita; 44Ozias, de Astarot; Sama e Jaiel, filhos de Hotam, de Aroer; 45Jediel filho de Samri, e Joás, seu irmão, o tasaíta; 46Eliel, o maumita; Jeribai e Josaías, filhos de Elnaem; Jetma, o moabita; 47Eliel, Obed e Jasiel, de Soba.

12 Os primeiros seguidores de Davi1Eis os que aderiram a Davi em Siceleg, quando ele ainda se conservava longe de Saul, filho de Cis; eram valentes, lutadores na guerra, 2que sabiam manejar o arco com a mão direita e com a esquerda, utilizando pedras e flechas. Irmãos de Saul, o benjaminita: 3Aiezer, o chefe, e Joás, filho de Samaá de Gabaá; Jaziel e Falet, filhos de Azmot; Baraca e Jeú, de Anatot; 4Ismaías, de Gabaon, valente do número dos Trinta e chefe dos Trinta; 5Jeremias, Jeeziel, Joanã e Jozabad, de Gaderot; 6Eluzaí, Jerimot, Baalias, Samarias, Safatias, de Harif; 7Elcana, Jesias, Azareel, Joezer, Jesbaam, coreítas; 8Joela, Zabadias, filhos de Jeroam de Gedor. 9Entre os gaditas houve quem saísse para aderir a Davi no seu refúgio do deserto. Eram heróis valorosos, homens de guerra prontos para combater, que sabiam manejar o escudo e a lança. Tinham o aspecto de leões e, quanto à agilidade, pareciam gazelas nas montanhas. 10Ezer era seu chefe; Abdias, o segundo; Eliab, o terceiro; 11Masmana, o quarto; Jeremias, o quinto; 12Eti, o sexto; Eliel, o sétimo; 13Joanã, o oitavo; Elzebad, o nono; 14Jeremias, o décimo; Macbanai, o undécimo. 15Esses eram os filhos de Gad, chefes de batalhão; um correspondia a cem, se fosse pequeno; a mil, se fosse grande. 16Foram eles que passaram o Jordão, no primeiro mês, quando costuma transbordar em todo o seu curso, e que puseram em fuga os habitantes do vale, tanto da margem oriental como da ocidental. 17Alguns filhos de Benjamim e de Judá vieram também aliar-se a Davi, em seu refúgio. 18Davi foi ao seu encontro, tomou a palavra e disse-lhes: “Se é como amigos que vindes a mim, para me prestar auxílio, estou disposto a unir-me convosco; mas se é para me enganar em proveito dos meus inimigos, enquanto minhas mãos nada fizeram de injusto, que o Deus de nossos pais o veja e faça justiça!” 19O Espírito revestiu então Amasai, chefe dos Trinta: “Vai, Davi! A paz esteja contigo, filho de Isaí, paz a ti, paz a quem te auxilia, pois teu auxílio é teu Deus.” Davi os acolheu e os colocou entre os chefes de tropa. Alguns manassitas se juntaram a Davi, quando ele ia lutar em companhia dos filisteus contra Saul. Mas não lhes prestaram auxílio, porque, tendo-se reunido em conselho, os príncipes dos filisteus despediram Davi, dizendo: “Ele poderia desertar, passando para o lado de seu senhor, com risco para nossas cabeças!” 21Quando partia para Siceleg, alguns manassitas se juntaram a ele: Ednas, Jozabad, Jediel, Miguel, Jozabad, Eliú, Salati, chefes de milhares de homens de Manassés. 22Foi um reforço para Davi e sua tropa, pois eram todos heróis valorosos e se tornaram oficiais no exército. 23Cada dia, com efeito, Davi recebia novos reforços, de tal modo que seu acampamento se tornou gigantesco.

Os guerreiros que o constituíram rei24Eis o número de guerreiros equipados para a guerra que vieram para junto de Davi, em Hebron, para transferir-lhe a realeza de Saul, segundo a ordem de Iahweh: 25Filhos de Judá, armados de escudo e lança: seis mil e oitocentos guerreiros equipados para a guerra; 26dos filhos de Simeão, sete mil e cem soldados valentes na guerra; 27dos filhos de Levi, quatro mil e seiscentos, 28e Joiada, comandante dos aaronidas, com três mil e setecentos destes últimos; 29Sadoc, jovem e valente guerreiro, e vinte e dois oficiais de sua família; 30dos filhos de Benjamim, três mil irmãos de Saul, a maioria dos quais ligados até então ao serviço da casa de Saul; 31dos filhos de Efraim, vinte mil e oitocentos guerreiros valentes, homens ilustres de sua família; 32da meia tribo de Manassés, dezoito mil homens nominalmente designados para irem proclamar Davi rei; 33dos filhos de Issacar, que sabiam discernir os momentos em que Israel devia agir e a maneira de fazê-lo, duzentos chefes e todos os seus irmãos sob suas ordens; 34de Zabulon, cinqüenta mil homens aptos para o serviço militar, em ordem de combate, com toda sorte de armas, e prontos para se alinhar na batalha de coração resoluto; 35de Neftali, mil oficiais e com eles trinta e sete mil homens armados de escudo e lança; 36dos danitas, vinte e oito mil e seiscentos homens prontos para o combate; 37de Aser, quarenta mil homens prontos para partirem para a guerra em ordem de batalha; 38da Transjordânia, cento e vinte mil homens de Rúben, de Gad e da meia tribo de Manassés, com toda espécie de armas bélicas. 39Todos esses homens de guerra, vindos para reforço em boa ordem, dirigiram-se a Hebron de coração sincero, a fim de proclamar Davi rei sobre todo o Israel; além disso, todos os demais de Israel eram unânimes em conferir a Davi a realeza. Durante três dias ficaram lá, comendo e bebendo em companhia de Davi. Seus irmãos haviam preparado tudo para eles; 41e mais: das vizinhanças e até de Issacar, Zabulon e Neftali traziam víveres sobre jumentos e camelos, sobre mulas e bois: provisões de farinha, figos e uvas secas, vinho e azeite, bois e ovelhas em abundância, pois havia alegria em Israel.

13 A Arca é trazida de Cariat-Iarim1Davi reuniu-se em conselho com os oficiais de milhares e de centenas e com todos os comandantes. 2Disse ele a toda a assembléia de Israel: “Se for de vosso agrado e se Iahweh nosso Deus assim o decidir, enviaremos mensageiros aos outros irmãos nossos de todas as terras de Israel, bem como aos sacerdotes e aos levitas em suas cidades e campos vizinhos, para que eles se juntem a nós. 3Então reconduziremos para o meio de nós a Arca de nosso Deus; não nos ocupamos dela no tempo de Saul.” 4Toda a assembléia decidiu agir assim, pois era uma proposta que todo o povo julgou justa. 5Davi reuniu todo o Israel, desde o Sior do Egito até à Entrada de Emat, para trazer de Cariat-Iarim a Arca de Deus. 6Em seguida, Davi e todo o Israel subiram a Baala, na direção de Cariat-Iarim em Judá, a fim de trazer de lá a Arca de Deus que traz o nome de Iahweh que senta sobre os querubins. 7Foi na casa de Abinadab que a Arca de Deus foi colocada sobre um carro novo. Oza e Aio conduziam o carro. 8Davi e todo o Israel dançavam diante de Deus com todas as suas forças, cantando ao som das cítaras, das harpas, dos tamborins, címbalos e trombetas. 9Quando chegavam à eira de Quidon, Oza estendeu a mão para segurar a Arca, porque os bois faziam-na cair. 10Então a ira de Iahweh se inflamou contra Oza e o feriu, por ter colocado a mão na Arca; Oza morreu lá, diante de Deus. 11Davi ficou desgostoso porque Iahweh fulminou Oza, e deu a este lugar o nome de Farés-Oza, que conserva até hoje. 12Naquele dia, Davi temeu a Deus e disse: “Como poderei levar para a minha casa a Arca de Deus?” 13E Davi não conduziu a Arca para a sua casa, mas mandou que a levassem para a casa de Obed-Edom de Gat. 14A Arca de Deus ficou três meses com a família de Obed-Edom, na sua casa; Iahweh abençoou a casa de Obed-Edom e tudo o que lhe pertencia.

14 Davi em Jerusalém, seu palácio e seus filhos1Hiram, rei de Tiro, enviou mensageiros a Davi, levando madeira de cedro, e também pedreiros e carpinteiros, para construir-lhe uma casa. 2Então Davi teve certeza de que Iahweh o havia confirmado como rei de Israel e que sua realeza era grandemente exaltada por causa de Israel, seu povo. 3Em Jerusalém, Davi casou-se ainda com outras mulheres e gerou mais filhos e filhas. 4Eis os nomes dos filhos que lhe nasceram em Jerusalém: Samua, Sobab, Natã, Salomão, 5Jebaar, Elisua, Elfalet, 6Noga, Nafeg, Já- fia, 7Elisama, Baaliada, Elifalet.

Vitória sobre os filisteus8Quando os filisteus souberam que Davi fora ungido rei de todo o Israel, subiram todos para prendê-lo. Sabendo disso, Davi saiu ao encontro deles. 9Os filisteus chegaram e se espalharam no vale dos rafaim. 10Então Davi consultou a Deus: “Devo atacar os filisteus? Entregá-los-ás nas minhas mãos?” Iahweh respondeu-lhe: “Ataca-os! E eu os entregarei em tuas mãos.” 11Eles subiram a Baal-Farasim e lá Davi os derrotou. E Davi disse: “Pela minha mão Deus abriu uma brecha no meio dos meus inimigos, como uma brecha feita pelas águas.” É por isso que esse lugar recebeu o nome de Baal-Farasim. 12No local, eles abandonaram seus deuses: “Que sejam jogados ao fogo!”, ordenou Davi. 13Os filisteus começaram novamente a se espalhar pelo vale. 14Davi consultou de novo a Deus e Deus lhe respondeu: “Não os ataques. Vai para trás deles, a certa distância, contorna-os e cairás sobre eles diante das amoreiras. 15E quando ouvires um ruído de passos no alto das amoreiras, então darás início à batalha: é sinal de que Deus sai à tua frente para vencer o exército filisteu.” 16Davi fez como Deus lhe ordenara; e desbaratou o exército filisteu desde Gabaon até Gazer. 17A fama de Davi espalhou-se por todas as regiões e Iahweh tornou-o temido por todas as nações.

2. A ARCA NA CIDADE DE DAVI

15 Preparativos para a trasladação 1Davi construiu para si edifícios na Cidade de Davi, preparou um lugar para a Arca de Deus e ergueu para ela uma tenda. 2Depois disse: “A Arca de Deus só pode ser transportada pelos levitas, pois Iahweh os escolheu para carregarem a Arca de Iahweh e estarem sempre a seu serviço.” 3Então Davi reuniu todo o Israel em Jerusalém para fazer subir a Arca de Iahweh ao lugar que lhe havia preparado. 4Congregou os filhos de Aarão e os filhos de Levi: 5dos filhos de Caat, Uriel, o oficial, e seus cento e vinte irmãos; 6dos filhos de Merari, Asaías, o oficial, e seus duzentos e vinte irmãos; 7dos filhos de Gersam, Joel, o oficial, e seus cento e trinta irmãos; 8dos filhos de Elisafã, Semeias, o oficial, e seus duzentos irmãos; 9dos filhos de Hebron, Eliel, o oficial, e seus oitenta irmãos; 10dos filhos de Oziel, Aminadab, o oficial, e seus cento e doze irmãos. 11Davi convocou os sacerdotes Sadoc e Abiatar, os levitas Uriel, Asaías, Joel, Semeias, Eliel e Aminadab, 12 e disse-lhes: “Vós sois os chefes das famílias levíticas; santificai-vos, vós e os vossos irmãos, e fazei subir a Arca de Iahweh, Deus de Israel, para o lugar que lhe preparei. 13Porque não estáveis lá na primeira vez, Iahweh nos feriu: não nos dirigimos a ele segundo a regra.” 14Os sacerdotes e os levitas se santificaram para fazerem subir a Arca de Iahweh, Deus de Israel, 15e os levitas transportaram a Arca de Deus, tendo os varais sobre os ombros, como o havia prescrito Moisés, segundo a palavra de Deus. 16Davi ordenou aos chefes dos levitas que dispusessem seus irmãos, os cantores, com todos os instrumentos de acompanhamento, cítaras, liras e címbalos, para que pudessem ser ouvidos tocando uma música que enchia de alegria. 17Os levitas nomearam Emã, filho de Joel, Asaf, um de seus irmãos, filho de Baraquias, Etã, filho de Casaías, um dos meraritas, seus irmãos. 18Eles tinham consigo seus irmãos da segunda ordem: Zacarias, Jaziel, Semiramot, Jaiel, Ani, Eliab, Banaías, Maasias, Matatias, Elifalu, Macenias, Obed-Edom, Jeiel, os porteiros; 19Emã, Asaf e Etã, os cantores, tocavam com força os címbalos de bronze. 20Zacarias, Oziel, Semiramot, Jaiel, Ani, Eliab, Maasias, Banaías tocavam a lira de nós. 21Matatias, Elifalu, Macenias, Obed-Edom, Jeiel e Ozazias marcavam o ritmo, tocando cítara na oitava inferior. 22Conenias, chefe dos levitas encarregados do transporte, orientava o transporte, pois era perito nisso. 23Baraquias e Elcana exerciam a função de porteiros junto à Arca. 24Os sacerdotes Sebanias, Josafá, Natanael, Amasai, Zacarias, Banaías e Eliezer tocavam a trombeta diante da Arca de Deus. Obed-Edom e Jeías eram porteiros junto à Arca.

A cerimônia da transladação25Então Davi, os anciãos de Israel e os chefes de mil, com grande júbilo, faziam subir da casa de Obed-Edom a Arca da Aliança de Iahweh. 26E enquanto Deus assistia os levitas que carregavam a Arca da Aliança de Iahweh, foram imolados sete touros e sete carneiros. 27Davi, vestido com um manto de linho fino, dançava dando voltas, como também todos os levitas que levavam a Arca, os cantores e Conenias, oficial encarregado da transladação. Davi trajava também o efod de linho. 28Todo o Israel fez subir a Arca da Aliança de Iahweh, fazendo aclamações, ao som das trombetas, do clarim e dos címbalos, fazendo ressoar liras e cítaras. 29Ao chegar a Arca da Aliança de Iahweh à cidade de Davi, a filha de Saul, Micol, olhou pela janela e viu o rei Davi dançando e exultando; em seu coração, ela o desprezou.

16 1Introduziram a Arca de Deus e a depositaram no centro da tenda que Davi tinha armado para ela. Ofereceram, diante de Deus, holocaustos e sacrifícios de comunhão. 2Quando Davi acabou de oferecer esses holocaustos e esses sacrifícios de comunhão, abençoou o povo em nome de Iahweh. 3Depois mandou distribuir a todos os israelitas, homens e mulheres, um pão, um prato de carne e um bolo de passas.

O serviço dos levitas diante da Arca4Davi colocou diante da Arca de Iahweh levitas encarregados do serviço para celebrar, glorificar e louvar a Iahweh, Deus de Israel; 5primeiro Asaf, em segundo lugar Zacarias, depois Oziel, Semiramot, Jaiel, Matatias, Eliab, Banaías, Obed-Edom e Jeiel. Eles tocavam liras e cítaras, enquanto Asaf fazia ressoar os címbalos. 6Os sacerdotes Banaías e Jaziel não cessavam de tocar trombetas diante da Arca da Aliança de Deus. 7Naquele dia, Davi, louvando por primeiro a Iahweh, confiou este louvor a Asaf e a seus irmãos: 8Dai graças a Iahweh, aclamai seu nome, anunciai entre os povos seus grandes feitos! 9Cantai, entoai salmos para ele, narrai todas as suas maravilhas! 10Gloriai-vos de seu nome santo, alegrem-se os corações que buscam a Iahweh! 11Procurai Iahweh e sua força, sem cessar buscai a sua face! 12Lembrai-vos das maravilhas que fez, de seus prodígios e das sentenças de sua boca! 13Descendentes de Israel, seu servo, filhos de Jacó, seus eleitos, 14é ele Iahweh nosso Deus, sobre toda a terra ele julga! 15Lembrai-vos para sempre de sua Aliança, da palavra promulgada para mil gerações,16do pacto concluído com Abraão, do juramento que fez a Isaac. 17Ele o erigiu como lei para Jacó, para Israel, como Aliança para sempre, 18dizendo: “Eu te dou a terra de Canaã, como parte de vossa herança, 19lá onde podíeis ser contados, sendo pouco numerosos, estrangeiros no país.” 20Eles iam de um país para outro, de um reino para um povo diferente; 21não deixou que ninguém os oprimisse, por causa deles até reis castigou: 22“Não toqueis em quem me é consagrado, nem façais mal a meus profetas!” 23Cantai a Iahweh, terra inteira! Proclamai, dia após dia, a sua salvação, 24narrai às nações a sua glória, a todos os povos as suas maravilhas! 25Pois Iahweh é grande e mui digno de louvor, mais temível que todos os deuses. 26Nada são todos os deuses das nações. Foi Iahweh quem fez os céus. 27Diante dele, esplendor e majestade, em seu santuário poder e alegria. 28Rendei a Iahweh, ó famílias dos povos, rendei a Iahweh glória e poder, 29rendei a Iahweh a glória de seu nome. Apresentai a oblação, trazei-a à sua presença, adorai Iahweh nos seus átrios sagrados!  30Tremei diante dele, ó terra inteira! Ele fixou o universo, inabalável. 31Que o céu se alegre, exulte a terra! Dizei entre os pagãos: “É Iahweh que reina!” 32Ressoe o mar e tudo o que ele encerra! Rejubile o campo e tudo o que ele produz! 33Gritem de alegria todas as árvores das florestas! na presença de Iahweh, pois ele vem para julgar a terra. 34Dai graças a Iahweh, pois ele é bom, porque eterno é seu amor! 35Dizei: Salva-nos, Deus de nossa salvação, reúne-nos, retira-nos do meio dos pagãos, para celebrarmos teu santo nome e nos gloriarmos em teu louvor.36Bendito seja Iahweh, o Deus de Israel, desde sempre e para sempre! E que todo o povo diga: Amém! Aleluia! 37Davi deixou lá, diante da Arca da Aliança de Iahweh, Asaf e seus irmãos, para garantirem um serviço permanente diante da Arca, conforme o ritual cotidiano; 38deixou também Obed-Edom e seus sessenta e oito irmãos. Obed-Edom, filho de Iditun, e Hosa eram porteiros. 39Quanto ao sacerdote Sadoc e aos sacerdotes seus irmãos, Davi os deixou diante da Habitação de Iahweh, no lugar alto de Gabaon, 40para oferecerem a Iahweh holocaustos perpétuos sobre o altar dos holocaustos, de manhã e de tarde, e fazer tudo o que está escrito na Lei que Iahweh prescrevera a Israel. 41Estavam com eles Emã e Iditun, e o restante da elite designada nominalmente para render graças a Deus, “porque eterno é seu amor”. 42Na companhia deles estava Emã e Iditun, encarregados de tocar as trombetas, os címbalos e os instrumentos que acompanhavam os cânticos divinos. Os filhos de Iditun estavam encarregados da porta. 43Todo o povo partiu, cada um para sua casa, e Davi voltou para abençoar a sua casa.

17 Profecia de Natã1Quando Davi se instalou em sua casa, disse ao profeta Natã: “Eis que habito numa casa de cedro e a Arca da Aliança de Iahweh está sob a tenda!” 2Natã respondeu a Davi: “Faze tudo o que estiver em teus planos, porque Deus está contigo.” 3Mas, naquela mesma noite, a palavra de Deus foi dirigida a Natã nestes termos: 4“Vai dizer a Davi, meu servo: Assim fala Iahweh: Não serás tu quem me construirá uma casa para eu nela morar. 5Sim, jamais morei numa casa, desde o dia em que fiz Israel subir até hoje, mas eu passava de tenda em tenda e de abrigo em abrigo. 6Durante todo o tempo em que caminhei com todo o Israel, acaso disse eu a algum dos Juízes de Israel que designei como pastores do meu povo: Por que não me construís uma casa de cedro? 7Eis agora o que dirás a meu servo Davi: Assim fala Iahweh dos Exércitos. Fui eu quem te tirou do pastoreio, de detrás das ovelhas, para seres chefe do meu povo Israel. 8Estive contigo por toda parte aonde ias, exterminei diante de ti todos os teus inimigos. Dar-te-ei um renome igual ao dos mais ilustres da terra. 9Escolherei um lugar para Israel, meu povo, lá o estabelecerei e ele habitará nesse lugar, sem ser inquietado, e os maus não tornarão a oprimi- lo como outrora, 10desde quando estabeleci juízes sobre meu povo Israel. Submeterei todos os teus inimigos. Iahweh te anuncia que ele te fará uma casa 11e quando se completar o tempo de te reunires a teus pais manterei depois de ti a tua posteridade: vai ser um de teus filhos, cujo reinado firmarei. 12Ele me construirá uma casa e eu firmarei seu trono para sempre. 13Eu serei para ele um pai e ele será para mim um filho; não lhe retirarei meu amor, como o retirei daquele que te precedeu. 14Mantê-lo-ei para sempre na minha casa e no meu reino, e seu trono será firme para sempre.” 15Natã comunicou a Davi todas essas palavras e toda essa revelação.

Oração de Davi16Então o rei Davi entrou, sentou-se diante de Iahweh e disse: “Quem sou eu, Iahweh Deus, e o que é a minha casa, para me teres conduzido até aqui? 17Mas isso é pouco demais a teus olhos, ó Deus, e estendes tuas promessas à casa de teu servo para um futuro longínquo; e me consideras como um homem ilustre, ó Iahweh Deus. 18Que mais poderia fazer Davi para ti, em vista da glória que deste a teu servo? Tu mesmo distinguiste teu servo. 19Iahweh, em consideração a teu servo, e segundo o teu coração, tiveste esta magnificência de revelar todas essas grandezas. 20Iahweh, não há ninguém como tu e não há outro Deus senão tu, como ouviram nossos ouvidos. 21Acaso existe sobre a terra outro povo, como teu povo Israel que um Deus tenha ido resgatá-lo para dele fazer seu povo, torná-lo famoso e operar em seu favor grandes e terríveis feitos, expulsando nações de diante do teu povo que resgataste do Egito? 22Constituíste teu povo Israel como povo teu para sempre e tu, Iahweh, te tornaste seu Deus. 23E agora, que permaneça para sempre, ó Iahweh, a promessa que fizeste a teu servo e à sua casa, e faze como disseste. 24Que essa promessa subsista e que teu nome seja engrandecido para sempre. Que se diga: ‘Iahweh dos Exércitos é o Deus de Israel, ele é Deus para Israel.’ A casa de Davi, teu servo, será confirmada diante de ti, 25pois foste tu, meu Deus, que revelaste a teu servo que lhe havias de construir uma casa. Eis por que teu servo se acha diante de ti a rezar. 26Sim, Iahweh, és tu que és Deus, e tu fizeste esta bela promessa a teu servo. 27Tu, então, consentiste em abençoar a casa do teu servo para que ela perdure para sempre na tua presença. Pois foste tu, Iahweh, que a abençoaste: ela é bendita para sempre.”    18 As guerras de Davi1Aconteceu, depois disso, que Davi venceu  os filisteus e os subjugou. Tomou das mãos dos filisteus Gat e suas vizinhanças. 2Depois venceu Moab e os moabitas se tornaram súditos de Davi e pagaram tributo. Davi derrotou Adadezer, rei de Soba, em Emat, quando ele ia estabelecer seu domínio sobre o rio Eufrates. 4Davi lhe tomou mil carros, sete mil cavaleiros e vinte mil soldados de infantaria; e Davi cortou os jarretes de todos os cavalos guardando apenas cem deles. 5Os arameus de Damasco vieram em auxílio de Adadezer, rei de Soba, mas Davi matou vinte e dois mil homens dos arameus. 6Depois Davi estabeleceu governadores em Aram de Damasco, e os arameus se tornaram súditos de Davi e lhe pagaram tributo. Aonde quer que Davi fosse, Deus lhe concedia a vitória. 7Davi tomou os colares de ouro que os guardas de Adadezer traziam e levou-os para Jerusalém. 8De Tebat e de Cun, cidades de Adadezer, Davi retirou uma enorme quantidade de bronze, com a qual Salomão fez o Mar de bronze, as colunas e os utensílios de bronze. 9Quando Toú, rei de Emat, soube que Davi vencera todo o exército de Adadezer, rei de Soba, 10enviou seu filho Adoram ao rei Davi para saudá-lo e felicitá-lo por ter guerreado contra Adadezer e por tê-lo vencido, pois Adadezer estava em guerra contra Toú. Mandou toda espécie de objetos de ouro, prata e bronze; 11Davi os consagrou também a Iahweh, com a prata e o ouro que havia conquistado a todas as nações, Edom, Moab, amonitas, filisteus e amalecitas. 12Abisaí, filho de Sárvia, venceu os edomitas em número de dezoito mil no vale do Sal. 13Estabeleceu governadores em Edom e todos os edomitas se tornaram súditos de Davi. Aonde quer que Davi fosse, Deus lhe concedia a vitória.

A administração do reino 14Davi reinou sobre todo o Israel, administrando o direito e a justiça para todo o seu povo. 15Joab, filho de Sárvia, comandava o exército; Josafá, filho de Ailud era o arauto; 16Sadoc, filho de Aquitob, e Aquimelec, filho de Abiatar, eram sacerdotes; Susa era secretário; 17Banaías, filho de Joiada, comandava os cereteus e os feleteus. Os filhos de Davi eram os primeiros ao lado do rei.

19 Insulto aos embaixadores de Davi1Depois disso, sucedeu que Naás, rei dos amonitas, morreu e seu filho reinou em seu lugar. 2E disse Davi: “Tratarei com bondade Hanon, filho de Naás, porque seu pai tratou-me com bondade.” E Davi enviou mensageiros para lhe apresentar condolências pela morte de seu pai. Mas quando os servos de Davi chegaram ao país dos amonitas, junto a Hanon, para consolá-lo, 3os príncipes dos amonitas disseram a Hanon: “Pensas acaso que Davi pretende honrar teu pai, por ter ele mandado portadores de condolências? Não é antes para explorar, destruir e espionar o país que seus servos vieram à tua casa?” 4Então Hanon prendeu os servos de Davi, rapou-lhes a barba e cortou suas vestes à meia altura até às coxas, e depois despediu-os. 5Informaram a Davi do que tinha acontecido àqueles homens, e ele mandou alguém ao encontro deles, pois estavam muito envergonhados; e o rei mandou dizer-lhes: “Ficai em Jericó até que vossa barba cresça de novo, e depois voltareis.”

Primeira campanha amonita6Os amonitas notaram que se tinham tornado odiosos a Davi; Hanon e os amonitas mandaram mil talentos de prata para contratar arameus da Mesopotâmia, arameus de Maaca e habitantes de Soba, carros e cavaleiros. 7Contrataram o rei de Maaca, suas tropas e trinta e dois mil carros; vieram acampar diante da Medaba, enquanto os amonitas, depois de deixarem suas cidades e se reunirem, chegavam para o combate. 8Quando soube disso, Davi enviou Joab com todo o exército, os homens valentes. 9Os amonitas saíram e formaram-se em linha de batalha na entrada da cidade, mas os reis que tinham vindo mantinham-se à parte, em campo aberto. 10Vendo Joab que havia uma frente de ataque tanto diante como detrás dele, escolheu um grupo dentre toda a elite de Israel e perfilou-se diante dos arameus. 11Confiou a seu irmão Abisaí o resto do exército e alinhou-o em face dos amonitas. 12Disse: “Se os arameus prevalecerem sobre mim, virás em meu socorro; se os amonitas prevalecerem sobre ti, irei em teu auxílio. 13Tem coragem e mostremo-nos fortes ao nosso povo e às cidades do nosso Deus! E que Iahweh faça o que lhe parecer bem!” 14Joab e a tropa que estava com ele travaram combate com os arameus, os quais fugiram diante dele. 15Quando os amonitas viram que os arameus tinham fugido, fugiram também eles diante de Abisaí, irmão de Joab, e tornaram a entrar na cidade. Então Joab voltou para Jerusalém.

Vitória sobre os arameus16Vendo que tinham sido derrotados perante Israel, os arameus enviaram mensageiros e mobilizaram os arameus que moravam do outro lado do Rio; Sofac, general de Adadezer, era quem os comandava. 17Isso foi notificado a Davi, que reuniu todo o Israel, passou o Jordão, atingiu-os e tomou posição diante deles. Depois Davi se postou em ordem de batalha diante dos arameus, que lhe deram combate. 18Mas os arameus fugiram diante de Israel e Davi matou os cavalos de seus sete mil carros e quarenta mil peões; matou também Sofac, o general. 19Quando os vassalos de Adadezer se viram vencidos diante de Israel, fizeram a paz com Davi e sujeitaram-se a ele. Os arameus não mais quiseram prestar socorro aos amonitas.

20 Segunda campanha amonita1Um ano depois do tempo em que os reis partem para a guerra, Joab conduziu a elite do exército e devastou o país dos amonitas. Depois veio sitiar Rabá, enquanto Davi permanecia em Jerusalém. Joab venceu Rabá e a destruiu. 2Davi retirou de Melcom a coroa que estava em sua cabeça. Constatou que ela pesava um talento de ouro e continha uma pedra preciosa. Davi colocou-a na cabeça. Trouxe da cidade uma enorme quantidade de despojos. 3Quanto aos habitantes, fê-los sair e colocou-os em trabalhos de serra, de picaretas de ferro e de machados. Assim agiu com todas as cidades dos amonitas. Depois Davi e todo o exército voltaram a Jerusalém.

Batalhas contra os filisteus4Em seguida, teve prosseguimento a guerra contra os filisteus em Gazer. Foi então que Sobocai de Husa matou Safai, um descendente dos rafaim. Os filisteus foram subjugados. 5Houve ainda outra batalha contra os filisteus. Elcanã, filho de Jair, matou Lami, filho de Golias de Gat; a haste de sua lança era como um cilindro de tecelão. 6Houve mais um combate em Gat e lá se achava um homem de grande estatura, que tinha vinte e quatro dedos, seis em cada mão e em cada pé. Também ele era descendente do rafaíta. 7Como desa- fiasse Israel, Jônatas, filho de Samaá, irmão de Davi, o matou. 8Esses homens eram oriundos de Rafa em Gat e pereceram pela mão de Davi e de seus servos.

3. PREPARATIVOS PARA A CONSTRUÇÃO DO TEMPLO

21 O recenseamentos1Satã levantou-se contra Israel e induziu Davi a fazer o recenseamento de Israel. 2Davi disse a Joab e aos chefes do povo: “Ide e recenseai Israel, de Bersabéia a Dã, e na volta fazei-me conhecer seu número.” 3Joab respondeu: “Que Iahweh multiplique por cem o número do seu povo! Senhor meu rei, acaso não são todos eles servos do meu senhor? Por que, então, meu senhor faz essa pesquisa? Por que ele quer ser causa de pecado para Israel?” 4Mas a ordem do rei prevaleceu contra Joab. Partiu Joab, percorreu Israel todo, e depois voltou a Jerusalém. 5Joab entregou a Davi o número total do povo; todo o Israel contava um milhão e cem mil homens aptos para a guerra, e Judá quatrocentos e setenta mil aptos para a guerra. 6Tanto havia repugnado a Joab a ordem do rei, que ele não tinha recenseado nem Levi nem Benjamim.

A peste e o perdão divino7Deus viu com desgosto esse fato e feriu Israel. 8Então Davi disse a Deus: “Pequei gravemente fazendo tal coisa! Mas agora perdoa, eu te peço, esta falta a teu servo, pois cometi uma grande loucura.” 9Iahweh disse então a Gad, o vidente de Davi: 10“Vai dizer a Davi: Assim fala Iahweh. Eu te proponho três coisas: escolhe uma delas e eu te farei.” 11Veio, pois, Gad até Davi e disse-lhe: “Assim fala Iahweh. Escolhe: 12ou três anos de fome, ou uma derrota de três meses diante dos teus adversários, atingindo-te a espada de teus adversários, ou ainda a espada de Iahweh e três dias de peste na terra, devastando o Anjo do Senhor todo o território de Israel! Pondera agora o que devo responder àquele que me envia.” 13Davi respondeu a Gad: “Estou numa grande aflição… Ah! Que eu caia nas mãos de Iahweh, pois imensa é sua misericórdia, mas não caia nas mãos dos homens!” 14Iahweh enviou, portanto, a peste sobre Israel e pereceram setenta mil homens de Israel. 15Depois Deus enviou o Anjo a Jerusalém para exterminá-la; mas, no momento de exterminá-la, Iahweh viu e se arrependeu deste mal; e disse ao Anjo exterminador: “Basta! Retira tua mão.” O Anjo de Iahweh achava-se então perto da eira de Ornã, o jebuseu. 16Erguendo os olhos, Davi viu o Anjo de Iahweh entre a terra e o céu, tendo na mão a espada desembainhada, voltada contra Jerusalém. Vestidos de panos de saco, Davi e os anciãos prostraram-se com o rosto em terra, 17e Davi disse a Deus: “Não fui eu quem mandou recensear o povo? Não fui eu quem pecou e cometeu o mal? Mas estes, o rebanho, que fizeram? Iahweh, meu Deus, que tua mão pese sobre mim e sobre minha família, mas que teu povo escape à desgraça!”

Construção de um altar18O Anjo de Iahweh disse então a Gad: “Que Davi suba e eleve um altar a Iahweh na eira de Ornã, o jebuseu.” 19Subiu, pois, Davi, segundo a palavra que Gad lhe havia dito em nome de Iahweh. 20Ora, ao se voltar, Ornã viu o Anjo e se escondeu com seus quatro filhos. Ornã estava debulhando o trigo 21quando Davi veio ter com ele. Ornã olhou, viu Davi, saiu da eira e prostrou-se diante de Davi, com o rosto em terra. 22Davi disse então a Ornã: “Cede-me o local desta eira, para que eu aí construa um altar para Iahweh; cede-me pelo seu valor em dinheiro. Assim o flagelo se afastará do povo.” 23Ornã disse então a Davi: “Toma-o e que o senhor, meu rei, faça o que lhe parecer bom! Vê: eu dou os bois para os holocaustos, os manguais como lenha e o trigo para a oblação. Tudo isso te dou.” 24Mas o rei Davi respondeu a Ornã: “Não! quero comprá-lo pelo seu valor em dinheiro; pois não quero tomar para Iahweh o que te pertence e assim oferecer holocaustos que nada me custem.” 25Davi deu a Ornã, pelo terreno, o peso de seiscentos siclos de ouro. 26Davi construiu lá um altar para Iahweh e ofereceu holocaustos e sacrifícios de comunhão. Invocou Iahweh, e Iahweh lhe respondeu fazendo cair fogo do céu sobre o altar dos holocaustos 27e ordenou ao Anjo que recolocasse sua espada na bainha. 28Nesta época, vendo que Iahweh lhe havia respondido na eira de Ornã, o jebuseu, Davi ofereceu lá um sacrifício. 29A Habitação de Iahweh que Moisés tinha feito no deserto e o altar dos holocaustos achavam-se nesta época no lugar alto de Gabaon, 30mas Davi não tinha podido ir até lá perante Deus, tanto o amedrontara a espada do Anjo de Iahweh.

22 1Depois Davi disse: “É aqui a casa de Iahweh Deus e este será o altar para os holocaustos de Israel.”

Preparativos para a construção do Templo2Davi mandou reunir os estrangeiros que se achavam na terra de Israel, e depois designou talhadores para trabalharem as pedras para a construção da casa de Deus. 3Davi arranjou também muito ferro para os cravos dos batentes das portas e para os ganchos, bem como uma quantidade incalculável de bronze 4e troncos de cedro sem conta, pois os sidônios e os tírios tinham enviado a Davi troncos de cedro em abundância. 5Depois Davi disse: “Meu filho Salomão é jovem e franzino; e esta casa que ele deve construir para Iahweh deve ser magnífica, deve ter renome e glória em todas as terras. Farei para ele os preparativos.” Assim Davi, antes de morrer, fez grandes preparativos; 6em seguida chamou seu filho Salomão e ordenou-lhe que construísse uma casa para Iahweh, o Deus de Israel. 7Davi disse a Salomão: “Meu filho, estava nos meus planos construir uma casa para o nome de Iahweh meu Deus. 8Mas a palavra de Iahweh me foi dirigida: ‘Tu derramaste muito sangue e travaste grandes batalhas; tu não construirás uma casa ao meu nome, pois derramaste muito sangue sobre a terra, diante de mim. 9Eis que te nasceu um filho; ele será um homem de paz e dar-lhe-ei a paz com todos os seus inimigos ao redor, pois Salomão será o seu nome e é em seus dias que darei a Israel paz e tranqüilidade. 10Ele construirá uma casa a meu nome; será para mim um filho e eu serei para ele um pai; firmarei para sempre o trono de sua realeza sobre Israel.’ 11Ó meu filho, que Iahweh esteja contigo agora e te faça concluir com êxito a construção da casa de Iahweh teu Deus, como ele o disse a teu respeito. 12Que ele te dê no entanto perspicácia e discernimento, que ele te dê suas ordens sobre Israel para que observes a Lei de Iahweh teu Deus! 13Só prosperarás se observares e puseres em prática os estatutos e as normas que Iahweh prescreveu a Moisés para Israel. Sê forte e corajoso! Não temas, nem te amedrontes! 14Eis que, mesmo sendo pobre, pude reservar para a casa de Iahweh cem mil talentos de ouro, um milhão de talentos de prata, e uma quantidade de bronze e de ferro que não se pode avaliar. Preparei também madeira e pedras e tu ainda acrescentarás mais. 15Haverá a teu dispor uma multidão de operários: talhadores, escultores, carpinteiros, toda espécie de artesãos de todos os ofícios. 16Quanto ao ouro, à prata, ao bronze e ao ferro, existem em quantidade incalculável. Avante! Mãos à obra e que Iahweh esteja contigo.” 17Davi ordenou então a todos os oficiais de Israel que ajudassem seu filho Salomão: 18“Iahweh, vosso Deus, não está convosco? Pois ele vos deu o descanso por toda parte, já que entregou nas minhas mãos os habitantes da terra e a terra foi submetida a Iahweh e a seu povo. 19Agora, aplicai vosso coração e vossa alma na procura de Iahweh, vosso Deus. Ide, construí o santuário de Iahweh vosso Deus, a fim de conduzirmos para esta casa construída em nome de Iahweh a Arca da Aliança de Iahweh e os objetos sagrados de Deus.”

23  Classes e funções dos levitas1Quando ficou velho e cheio de dias, Davi entregou a seu filho Salomão a realeza sobre Israel. 2Reuniu todos os chefes de Israel, os sacerdotes e os levitas. 3Foi feito o recenseamento dos levitas, de trinta anos para cima. Contados um por um, seu número foi de trinta e oito mil homens; 4vinte e quatro mil dentre eles presidiram aos ofícios da casa de Iahweh, seis mil eram escribas e juízes, 5quatro mil porteiros e quatro mil louvavam a Iahweh com os instrumentos que Davi tinha feito para esse fim. 6Depois Davi distribuiu os levitas em classes: Gérson, Caat e Merari. 7Para os gersonitas: Leedã e Semei. 8Filhos de Leedã: Jaiel, o primeiro, Zetam, Joel, três ao todo. 9Filhos de Semei: Salomit, Hoziel, Arã, três ao todo. São esses os chefes de família de Leedã. 10Filhos de Semei: Jeet, Ziza, Jeús, Berias; foram esses os filhos de Semei, quatro ao todo. 11Jeet era o mais velho, Ziza o segundo, depois Jeús e Berias que não tiveram muitos filhos e foram registrados numa só família. 12Filhos de Caat: Amram, Isaar, Hebron, Oziel, quatro ao todo. 13Filhos de Amram: Aarão e Moisés. Aarão foi colocado à parte para consagrar as coisas santíssimas, ele e seus filhos para sempre, para queimar o incenso diante de Iahweh, servi-lo e abençoar em seu nome para sempre. 14Moisés foi um homem de Deus, seus filhos receberam o nome da tribo de Levi. 15Filhos de Moisés: Gersam e Eliezer. 16Filho de Gersam: Subael, o primeiro. 17Filhos de Eliezer foram: Roobias, o primeiro. Eliézer não teve outros filhos, mas os filhos de Roobias foram extremamente numerosos. 18Filhos de Isaar: Salomit, o primeiro. 19Filhos de Hebron: Jerias, o primeiro, Amarias, o segundo, Jaaziel, o terceiro, Jecmaam, o quarto. 20Filhos de Oziel: Micas, o primeiro, Jesias, o segundo. 21Filhos de Merari: Mooli e Musi. Filhos de Mooli: Eleazar e Cis. 22Eleazar morreu sem ter filhos, mas teve filhas que foram desposadas pelos filhos de Cis, seus irmãos. 23Filhos de Musi: Mooli, Éder, Jerimot, três ao todo. 24Eram esses os filhos de Levi conforme suas famílias, os chefes de família e os que eram recenseados nominalmente, um por um; todos os que tinham vinte anos ou mais eram escalados para o serviço da casa de Iahweh. 25Pois Davi tinha dito: “Iahweh, Deus de Israel, deu o descanso a seu povo e habita para sempre em Jerusalém. 26Os levitas não terão mais que transportar a Habitação e os objetos destinados a seu serviço.” 27De fato, segundo as últimas palavras de Davi, os levitas que foram contados tinham vinte anos ou mais. 28São encarregados de estar à disposição dos filhos de Aarão para o serviço do Templo de Iahweh nos átrios e nas salas, para a purificação de tudo o que é consagrado e para fazer o serviço do Templo de Deus. 29São encarregados também de dispor os pães em ordem, da flor de farinha destinada à oblação, dos pães ázimos, dos que eram cozidos sobre a chapa ou na forma de mistura e de todas as medidas de capacidade e de comprimento. 30Eles devem comparecer lá cada manhã para celebrarem e louvarem a Iahweh, e igualmente à tarde, 31e também para oferecerem todos os holocaustos a Iahweh nos sábados, nas neomênias e nas solenidades, segundo o número fixado pela regra. Esse encargo lhes compete permanentemente diante de Iahweh. 32Eles observam, no serviço do Templo de Iahweh, o ritual da Tenda da Reunião, o ritual do santuário e o ritual dos filhos de Aarão, seus irmãos.

24 As classes dos sacerdotes1Classes dos filhos de Aarão: filhos de Aarão: Nadab, Abiú, Eleazar e Itamar. 2Nadab e Abiú morreram na presença de seu pai, sem deixar filhos, e foram Eleazar e Itamar que se tornaram sacerdotes. 3Davi os dividiu em classes, bem como Sadoc, um dos filhos de Eleazar, e Aquimelec, um dos filhos de Itamar, e os recenseou segundo suas funções. 4Encontraram-se entre os filhos de Eleazar mais chefes que entre os filhos de Itamar; formaram-se dezesseis classes com os chefes de família dos filhos de Eleazar e oito com os chefes de família dos filhos de Itamar. 5Foram repartidos por sorte, tanto uns como os outros; e houve oficiais consagrados, oficiais de Deus, entre os filhos de Eleazar, como entre os filhos de Itamar. 6Um dos levitas, o escriba Semeias, filho de Natanael, inscreveu-os diante do rei, dos oficiais, do sacerdote Sadoc, de Aquimelec, filho de Abiatar, dos chefes de famílias sacerdotais e levíticas; tirava-se a sorte uma vez, para cada família dos filhos de Eleazar e de duas em duas vezes para os filhos de Itamar.6 7Joiarib foi o primeiro a ser sorteado, Jedeías o segundo, 8Harim o terceiro, Seorim o quarto, 9Melquias o quinto, Mainã o sexto, 10Acos o sétimo, Abias o oitavo, 11Jesua o nono, Sequenias o décimo, 12Eliasib o décimo primeiro, Jacim o décimo segundo, 13Hofa o décimo terceiro, Isbaal o décimo quarto, 14Belga o décimo quinto, Emer o décimo sexto, 15Hezir o décimo sétimo, Hafses o décimo oitavo, 16Fetatias o décimo nono, Ezequiel o vigésimo, 17Jaquin o vigésimo primeiro, Gamul o vigésimo segundo, 18Dalaías o vigésimo terceiro, Maazias o vigésimo quarto. 19São esses os que foram escalados, segundo sua função, para entrarem no Templo de Iahweh, de açodo com o regulamento transmitido por Aarão, seu pai, como lho havia prescrito Iahweh, Deus de Israel. 20Quanto aos outros filhos de Levi, os chefes foram: Dos filhos de Amram: Subael. Dos filhos de Subael, Jeedias. 21Quanto a Roobias, dos filhos de Roobias o chefe era Jesias. 22Dos isaaritas, Solomot; dos filhos de Solomot, Jaat. 23FiIhos de Hebron: Jerias o primeiro, Amarias o segundo, Jaaziel o terceiro, Jecmaam o quarto. 24Filhos de Oziel: Micas; dos filhos de Micas, Samir; 25irmão de Micas, Jesias; dos filhos de Jesias, Zacarias. 26Filhos de Merari: Mooli e Musi. Filhos de Jazias, seu filho; 27filhos de Merari da parte de Jazias, seu filho: Soam, Zacur, Hebri; 28de Mooli, Eleazar, que não teve filhos; 29de Cis: filho de Cis, Jerameel. 30Filhos de Musi: Mooli, Éder, Jerimot. Foram esses os filhos de Levi, divididos segundo suas famílias. 31Como os filhos de Aarão, seus irmãos, eles sortearam na presença do rei Davi, de Sadoc, de Aquimelec e dos chefes de famílias sacerdotais e levíticas, tanto as famílias mais importantes como as menores.

25 Os cantores1Para os serviços, Davi e os oficiais colocaram à parte os filhos de Asaf, de Emã e de Iditun, os profetas que se serviam de liras, cítaras e címbalos, e contaram-se os homens destinados a esse serviço. 2Dos filhos de Asaf: Zacur, José, Natanias, Asarela; os filhos de Asaf dependiam de seu pai, que profetizava sob a direção do rei. 3Quanto a Iditun: filhos de Iditun: Godolias, Sori, Jesaías, Hasabias, Matatias; eram seis, sob a direção de seu pai, Iditun, que profetizava ao som das liras em honra e em louvor de Iahweh. 4Quanto a Emã: filhos de Emã: Bocias, Matanias, Oziel, Subael, Jerimot, Hananias, Hanani, Eliata, Gedelti, Romenti-Ezer, Jesbacasa, Meiloti, Otir, Maaziot. 5Todos esses eram filhos de Emã o vidente do rei; às palavras de Deus, eles soavam a trombeta. Deus deu á Emã quatorze filhos e três filhas; 6todos eles cantavam no Templo de Iahweh sob a direção de seu pai, ao som dos címbalos, das cítaras e das liras, para o serviço do Templo de Deus, sob as ordens do rei. Asaf, Iditun e Emã, 7os que tinham aprendido a cantar para Iahweh, foram computados com seus irmãos; eram duzentos e oitenta e oito, todos hábeis no ofício. 8Sortearam a ordem a se observar, tanto para o pequeno como para o grande, para o mestre como para o aluno. 9O primeiro sobre o qual recaiu a sorte foi o asafita José. O segundo foi Godolias; com seus filhos e irmãos eram doze. 10O terceiro foi Zacur; com seus filhos e irmãos, eram doze. 11O quarto foi Isari; com seus filhos e irmãos, eram doze. 12O quinto foi Natanias; com seus filhos e irmãos, eram doze. 13O sexto foi Bocias; com seus filhos e irmãos, eram doze. 14O sétimo foi Isreela; com seus filhos e irmãos, eram doze. 15O oitavo foi Jesaías; com seus filhos e irmãos, eram doze. 16O nono foi Matanias; com seus filhos e irmãos, eram doze. 17O décimo foi Semei; com seus filhos e irmãos, eram doze. 18O décimo primeiro foi Azareel; com seus filhos e irmãos, eram doze. 19O décimo segundo foi Hasabias; com seus filhos e irmãos, eram doze. 20O décimo terceiro foi Subael; com seus filhos e irmãos, eram doze. 21O décimo quarto foi Matatias; com seus filhos e irmãos, eram doze. 22O décimo quinto foi Jerimot; com seus filhos e seus irmãos, eram doze. 23O décimo sexto foi Hananias; com seus filhos e irmãos, eram doze. 24O décimo sétimo foi Jesbacasa; com seus filhos e irmãos, eram doze. 25O décimo oitavo foi Hanani; com seus filhos e irmãos, eram doze. 26O décimo nono foi Meiloti; com seus filhos e irmãos, eram doze. 27O vigésimo foi Eliata; com seus filhos e irmãos, eram doze. 28O vigésimo primeiro foi Otir; com seus filhos e irmãos, eram doze. 29O vigésimo segundo foi Gedelti; com seus filhos e irmãos, eram doze. 30O vigésimo terceiro foi Maaziot; com seus filhos e irmãos, eram doze. 31O vigésimo quarto foi Romenti-Ezer; com seus filhos e irmãos, eram doze.

26 Os porteiros1Eis as classes dos porteiros: Dos coreítas: Meselemias, filho de Coré, um dos filhos de Abiasaf. 2Foram filhos de Meselemias: Zacarias, o primeiro, Jediel, o segundo, Zabadias, o terceiro, Jatanael, o quarto, 3Elam, o quinto, Joanã, o sexto, Elioenai, o sétimo. 4Foram filhos de Obed-Edom: Semeias, o mais velho. Jozabad, o segundo, Joaá, o terceiro, Sacar, o quarto, Natanael, o quinto, 5Amiel, o sexto, Issacar, o sétimo, Folati, o oitavo; com efeito, Deus o havia abençoado. 6A seu filho Semeias nasceram filhos que tiveram autoridade sobre suas famílias, pois eram homens valentes. 7Filhos de Semeias: Otni, Rafael, Obed, Elzabad, e seus irmãos Eliú e Samaquias, homens de valor. 8Todos esses eram filhos de Obed-Edom. Eles, seus filhos e irmãos, todos muito hábeis na sua função, somavam sessenta e dois, da linhagem de Obed-Edom. 9Meselemias teve filhos e irmãos: dezoito homens valentes. 10Hosa, um dos filhos de Merari, teve os seguintes filhos: Semri, que era o primeiro, porque, embora não fosse o mais velho, seu pai o nomeara chefe. 11Helcias era o segundo, Tebelias, o terceiro, Zacarias o quarto. Eram treze, ao todo, os filhos e irmãos de Hosa. 12A essas ordens de porteiros, a seus chefes e a seus irmãos, foi confiada a guarda para o serviço da casa de Iahweh. 13Para cada porta tiraram-se sorte por famílias, quer pequenas quer grandes. 14O lado do oriente coube por sorte a Selemias, cujo filho Zacarias dava conselhos prudentes. Tiraram-se as sortes e o norte coube a este último. 15A Obed-Edom coube o sul, e a casa dos armazéns a seus filhos. 16A Sefim e a Hosa coube o oeste com a porta do Tronco abatido, no caminho que sobe. Estes corpos de guarda se correspondiam uns aos outros: 17seis por dia a leste, quatro por dia ao norte, quatro por dia ao sul, e dois de cada vez nos armazéns; 18no Parbar, a oeste: quatro na rua, dois no Parbar. 19Tais eram as classes de porteiros entre os coreítas e os meraritas.

Outras funções levíticas20Os levitas, seus irmãos, eram responsáveis pelos tesouros do Templo de Deus e pelos tesouros das oferendas consagradas. 21Os filhos de Leedã, filhos de Gérson por Leedã, tinham os jaielitas por chefes das famílias de Leedã, o gersonita. 22Os jaielitas, Zatam e Joel, seu irmão, eram responsáveis pelos tesouros do Templo de Iahweh. 23Quanto aos amramitas, isaaritas, hebronitas e ozielitas: 24Subael, filho de Gersam, filho de Moisés, era chefe responsável pelos tesouros. 25Seus irmãos pela linha de Eliezer: Roobias, seu filho, Isaías, seu filho, Jorão, seu filho, Zecri, seu filho e Salomit, seu filho. 26Este Salomit e seus irmãos eram responsáveis por todos os tesouros das oferendas consagradas pelo rei Davi e pelos chefes de famílias, pelos chefes de esquadrões de mil e de cem e pelos chefes do exército; 27(eles os haviam consagrado, tomando- os dos despojos de guerra para enriquecer o Templo de Iahweh), 28como também por tudo o que havia sido consagrado por Samuel, o vidente, por Saul, filho de Cis, por Abner, filho de Ner, e por Joab, filho de Sárvia. Tudo o que se consagrava estava sob a responsabilidade de Salomit e seus irmãos. 29Dentre os isaaritas: Conenias e seus filhos eram encarregados dos negócios profanos em Israel, como escribas e juízes. 30Dentre os hebronitas: Hasabias e seus irmãos, homens valentes, em número de mil e setecentos, eram responsáveis pela segurança de Israel a oeste do Jordão, por todos os afazeres de Iahweh e pelo serviço do rei. 31Quanto aos hebronitas, cujo chefe era Jerias, no quadragésimo ano do reinado de Davi fizeram-se pesquisas sobre as genealogias das famílias hebronitas, e encontraram-se entre elas homens de valor em Jazer de Galaad. 32Quanto aos irmãos de Jerias, dois mil e setecentos guerreiros chefes de famílias, o rei Davi os nomeou inspetores dos rubenitas, dos gaditas e da meia tribo de Manassés, para todos os afazeres de Deus e negócios do rei.

27 Organização civil e militar1Os filhos de Israel segundo o seu número: Chefes de famílias, comandantes de esquadrões de mil e de cem e seus escribas a serviço do rei, para tudo o que se referia às divisões em atividade mês por mês, durante todos os meses do ano. Cada divisão era de vinte e quatro mil homens. 2À frente da primeira divisão, designada para o primeiro mês, estava Jesboam, filho de Zabdiel. Era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 3Era um dos filhos de Farés, chefe de todos os oficiais das tropas designadas para o primeiro mês. 4À frente da divisão do segundo mês estava Dudi, o aoíta; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 5O chefe da terceira tropa designada para o terceiro mês era Banaías, filho de Joiada, sacerdote-chefe. Era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 6Este Banaías foi o herói dos Trinta, e teve a responsabilidade sobre os Trinta e sua divisão. Teve por filho Amizabad. 7O quarto, designado para o quarto mês, era Asael, irmão de Joab; seu filho Zabadias lhe sucedeu. Era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 8O quinto, designado para o quinto mês, era o oficial Samaot, o zaraíta. Era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 9O sexto, designado para o sexto mês, era Hira, filho de Aces, de Técua; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 10O sétimo, designado para o sétimo mês, era Heles, o felonita, um dos filhos de Efraim; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 11O oitavo, designado para o oitavo mês, era Sobocai, de Husa, zaraíta; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 12O nono, designado para o nono mês, era Abiezer de Anatot, benjaminita; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 13O décimo, designado para o décimo mês, era Marai de Netofa, zaraíta; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 14O décimo primeiro, designado para o décimo primeiro mês, era Banaías, filho de Faraton, filho de Efraim; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 15O décimo segundo, designado para o décimo segundo mês, era Holdai, de Netofa, de Otoniel; era responsável por uma divisão de vinte e quatro mil homens. 16Responsáveis pelas tribos de Israel:5 de Rúben era chefe Eliezer, filho de Zecri; de Simeão, Safadas, filho de Maaca; 17de Levi, Hasabias, filho de Camuel; de Aarão, Sadoc; 18de Judá, Eliú, um dos irmãos de Davi; de Issacar, Amri, filho de Miguel; 19de Zabulon, Jesmaías, filho de Abdias; de Neftali, Jerimot, filho de Ozriel; 20de Efraim, Oséias, filho de Ozazias; da meia tribo de Manassés, Joel, filho de Fadaías; 21da meia tribo de Manassés, em Galaad, Jado, filho de Zacarias; de Benjamim, Jesiel, filho de Abner; 22de Dã, Ezriel, filho de Jeroam. Tais foram os chefes das tribos de Israel. 23Davi não fez o recenseamento dos que tinham vinte anos para baixo, porque Iahweh dissera que multiplicaria Israel como as estrelas do céu. 24Joab, filho de Sárvia, começara o recenseamento, mas não o terminou, porque a ira caiu sobre Israel, e o número não atingiu o que se encontra nos Anais do rei Davi. 25Responsável pelas provisões do rei: Azmot, filho de Adiel. Responsável pelas provisões nos campos, nas cidades, nas aldeias e nas fortalezas da província: Jônatas, filho de Ozias. 26Responsável pelos lavradores e empregados no cultivo da terra: Ezri, filho de Quelub. 27Responsável pelos vinhedos: Semei, de Ramá. Responsável por aqueles que, nos vinhedos cuidavam das reservas de vinho: Zabdi, de Sefam. 28Responsável pelas oliveiras e sicômoros na Planície: Baalanã, de Gader. Responsável pelas reservas de azeite: Joás. 29Responsável pelo gado que pastava em Saron: Setrai, de Saron. Responsável pelo gado nos vales: Safat, filho de Adli. 30Responsável pelos camelos: Ubil, ismaelita. Responsável pelas jumentas: Jadias, de Meranot. 31Responsável pelos rebanhos: Jaziz, o agareno. Todos esses foram os responsáveis pelos bens pertencentes a Davi. 32Jônatas, tio de Davi, conselheiro, homem inteligente e escriba, era o encarregado dos filhos do rei junto com Jaiel, filho de Hacamon. 33Aquitofel era conselheiro do rei. Cusai, o araquita, era amigo do rei. 34Joiada, filho de Banaías, e Abiatar sucederam a Aquitofel. Joab era o general dos exércitos do rei.

28 Instruções de Davi sobre o Templo1Davi congregou em Jerusalém todos os chefes de Israel, chefes das tribos e chefes das divisões a serviço do rei, comandantes de esquadrões de mil e de cem, chefes encarregados de todos os bens e rebanhos do rei e de seus filhos, como também os eunucos e heróis, todos os homens valentes. 2O rei Davi levantou-se e, de pé, declarou: “Escutai-me, meus irmãos e meu povo. Eu tinha a intenção de edificar uma casa estável para a Arca da Aliança de Iahweh, para pedestal de nosso Deus. Fiz os preparativos da construção, 3mas Deus me disse: ‘Não construas casa para o meu nome, pois foste homem de guerra e derramaste sangue.’ 4Dentre toda a casa do meu pai, foi a mim que Iahweh, o Deus de Israel, escolheu para ser rei de Israel para sempre. Com efeito, foi Judá que ele escolheu como chefe, foi minha família que ele escolheu na casa de Judá, e entre os filhos de meu pai, foi a mim que ele elegeu para dar um rei a todo o Israel. 5De todos os meus filhos — pois Iahweh me deu muitos — é meu filho Salomão que ele escolheu para ocupar o trono da realeza de Iahweh sobre Israel: 6‘E teu filho Salomão’, disse-me ele, ‘que construirá minha Casa e meus átrios, pois foi a ele que escolhi como filho e serei para ele um pai. 7Consolidarei o seu reino para sempre, se ele continuar a cumprir fielmente, como até hoje, meus mandamentos e minhas normas.’ 8E agora, diante de todo o Israel que nos vê, diante da assembléia de Iahweh, diante de nosso Deus que nos ouve, guardai e observai os mandamentos de Iahweh vosso Deus, a fim de possuirdes esta boa terra e a transmitirdes depois de vós para sempre como herança a vossos filhos. 9E tu, Salomão, meu filho, conhece o Deus de teu pai e serve-o de todo o coração, com ânimo disposto, pois Iahweh sonda todos os corações e penetra todos os desígnios do espírito. Se o procurares, ele se deixará encontrar por ti, mas se o abandonares, ele te rejeitará para sempre. 10Considera, então, que Iahweh te escolheu para lhe construíres uma casa para santuário. Sê forte e mãos à obra!” 11Davi deu a seu filho Salomão o modelo do pórtico, das construções, dos armazéns, das salas superiores, dos aposentos interiores, da sala do propiciatório; 12deu-lhe também a descrição de tudo o que tinha em mentesobre os átrios do Templo de Iahweh, as salas ao redor, os tesouros do Templo de Deus e os tesouros sagrados; 13as classes de sacerdotes e de levitas, todos os cargos do serviço do Templo de Iahweh, todos os utensílios para o serviço do Templo de Iahweh, 14o ouro em lingotes, o ouro destinado a todos os objetos de cada serviço, a prata em lingotes destinada a todos os objetos de prata, para cada um dos objetos de cada serviço, 15os lingotes destinados aos candelabros de ouro e as suas lâmpadas, o ouro em lingotes destinado a cada candelabro e a suas lâmpadas, os lingotes destinados aos candelabros de prata, para o candelabro e suas lâmpadas, segundo o uso de cada candelabro, 16o ouro em lingotes destinado às mesas da apresentação dos pães, para cada uma das mesas, a prata destinada às mesas de prata,17os garfos, as taças de aspersão, as ânforas de ouro puro, os lingotes de ouro para as taças, para cada uma das taças, 18os lingotes de ouro fino destinados ao altar dos perfumes. Deu-lhe o modelo do carro divino, dos querubins de ouro com as asas abertas cobrindo a Arca da Aliança de Iahweh, 19tudo isso segundo o que Iahweh tinha escrito com sua própria mão para tornar compreensível todo o trabalho cujo modelo ele dava. 20Davi disse então a seu filho Salomão: “Sê forte e corajoso, age sem medo nem receio, pois Iahweh Deus, meu Deus, está contigo. Ele não te deixará sem força e sem auxílio, até que concluas todo o trabalho a executar para a Casa de Iahweh. 21Eis aqui as classes dos sacerdotes e dos levitas para todo o serviço da casa de Deus; todos os voluntários hábeis em qualquer especialidade ajudar-te-ão em toda esta obra; os chefes e todo o povo estão às tuas ordens.”

29 As ofertas1O rei Davi disse então a toda a assembléia: “Meu filho Salomão, o escolhido por Deus, é jovem e franzino; no entanto a obra é imensa, pois este palácio não se destina a um homem, mas a Iahweh Deus. 2Empenhei todos os meus esforços para preparar a Casa de meu Deus: o ouro para o que deve ser de ouro, a prata para o que deve ser de prata, o bronze para o que deve ser de bronze, o ferro para o que deve ser de ferro, a madeira para o que deve ser de madeira; pedras de ônix, pedras de engate, pedras ornamentais, pedras de diversas cores, todas as espécies de pedras preciosas e grande quantidade de alabastro. 3Ademais, o ouro e a prata que possuo, dou-os à Casa de meu Deus, por amor pela Casa de meu Deus, além do que preparei para o Templo santo: 4três mil talentos de ouro, de ouro de Ofir, sete mil talentos de prata pura para o revestimento das paredes das salas. 5Quer se trate de ouro para o que deve ser de ouro, quer se trate de prata para o que deve ser de prata, ou dos trabalhos dos artesãos, quem de vós deseja consagrá-lo espontaneamente a Iahweh?” 6Os oficiais chefes de famílias, os chefes das tribos de Israel, os comandantes de esquadrões de mil e de cem e os oficiais encarregados dos trabalhos reais se prontificaram a fazer ofertas. 7Deram para o serviço da Casa de Deus cinco mil talentos de ouro, dez mil dáricos, dez mil talentos de prata, dezoito mil talentos de bronze e cem mil talentos de ferro. 8E os que possuíam pedras preciosas ofertaram-nas ao tesouro da Casa de Iahweh, entregando-as a Jaiel, o gersonita. 9O povo se alegrou com o que haviam feito, pois foi de todo o coração que eles assim fizeram ofertas voluntárias a Iahweh; o próprio rei Davi teve grande alegria.

Ação de graças de Davi10Ele bendisse então a Iahweh, em presença de toda a assembléia. Disse Davi: “Bendito sejas tu, Iahweh, Deus de Israel, nosso pai, desde sempre e para sempre! 11A ti, Iahweh, a grandeza, a força, o esplendor, o poder e a glória, pois tudo, no céu e na terra, te pertence. A ti, Iahweh, a realeza: tu és o soberano que se eleva acima de tudo. 12A riqueza e a glória te precedem; és o Dominador de tudo; em tua mão, força e poder; em tua mão, tudo se afirma e cresce. 13Agora, pois, ó nosso Deus, nós te celebramos, louvamos teu nome glorioso; 14pois quem sou eu e quem é meu povo, para sermos capazes de fazer tais ofertas voluntárias? Porque tudo vem de ti e te ofertamos o que recebemos de tua mão. 15Diante de ti não passamos de estrangeiros e peregrinos como todos os nossos pais; nossos dias na terra passam como a sombra e não há esperança. 16Iahweh, nosso Deus, tudo quanto ajuntamos para a construção de uma Casa para o teu santo nome provém de tua mão e tudo te pertence. 17Sei, ó meu Deus, que provas os corações e que amas a retidão; e foi na retidão do meu coração que fiz todas essas ofertas e agora vejo com alegria teu povo, aqui presente, fazer-te essas ofertas espontâneas. 18Iahweh, Deus de Abraão, de Isaac e de Israel, nossos pais, conserva para sempre no coração do teu povo estas disposições e sentimentos e dirige seus corações para ti. 19A meu filho Salomão dá um coração íntegro para que guarde teus mandamentos, teus preceitos e leis, que ele os ponha todos em prática e construa este palácio que te preparei. 20Depois Davi disse a toda a assembléia: “Bendizei, pois a Iahweh, vosso Deus!” E toda a assembléia bendisse a Iahweh, Deus de seus pais, e se ajoelhou para se prostrar diante de Deus e diante do rei.

Salomão sobe ao trono; fim de Davi21Depois, no dia seguinte, os israelitas ofereceram sacrifícios e holocaustos a Iahweh: mil touros, mil carneiros, mil cordeiros com as respectivas libações e grande quantidade de sacrifícios por todo o Israel. 22Nesse dia comeram e beberam diante de Iahweh com grande alegria. A seguir, tendo pela segunda vez proclamado rei a Salomão, filho de Davi, ungiram-no em nome de Iahweh como chefe e ungiram a Sadoc como sacerdote. 23Salomão assentou-se no trono de Iahweh para reinar no lugar de Davi, seu pai. Prosperou e todo o Israel lhe obedeceu. 24Todos os chefes, todos os heróis e até mesmo todos os filhos de Davi submeteram-se ao rei Salomão. 25À vista de todo o Israel, Iahweh engrandeceu sobremaneira a Salomão e deu-lhe um reino de um esplendor jamais conhecido por nenhum dos que reinaram antes dele sobre Israel. 26Assim Davi, filho de Jessé, reinara sobre todo o Israel. 27Seu reinado sobre Israel durou quarenta anos; em Hebron reinou sete anos e em Jerusalém, trinta e três anos. 28Faleceu numa feliz velhice, carregado de dias, de riquezas e de honras. Depois, seu filho Salomão sucedeu-lhe no trono. 29A história do rei Davi, do começo ao fim, está registrada na história de Samuel, o vidente, na história do profeta Natã e na de Gad, o vidente, 30com todo o seu reinado e com todas as vicissitudes pelas quais teve de passar, assim como Israel e todos os reinos das terras.

SEGUNDO REIS
SEGUNDO CRÔNICAS
Ajude a Melhorar Ainda Mais o site, Avalie: